Xangai
Cultura

Xangai planeja construir um distrito futurista com enormes fazendas verticais

Denominado Sunqiao Shanghai, o projeto incluirá parques, lojas, restaurantes e um museu de ciências

Xangai é a maior cidade da República Popular da China e uma das maiores áreas metropolitanas do mundo, abrigando hoje mais de 24 milhões de habitantes. Conhecida por seus enormes arranha-céus, a cidade cresceu muito desde o final dos anos 80, como se pode observar na imagem comparativa a seguir:

Xangai comparativo

Xangai, em 1987 e 2013

Contudo, nas últimas décadas, a China perdeu mais de 123.000 km² de terras agrícolas para a urbanização – uma área equivalente a quase todo o estado de Iowa. Das terras aráveis ​​que permanecem, um sexto (cerca de 200.000 km²) sofre de poluição do solo, prejudicando a agricultura.

O rápido crescimento urbano está ameaçando o cultivo de alimentos não apenas em Xangai, mas em diversas cidades chinesas, resultando em uma perda significativa de terras agrícolas dentro dos limites do país.

Como uma das megacidades mais dinâmicas da Ásia, Xangai está ativamente incentivando soluções inovadoras para fornecer alimento para a região. E, após anos de estudo, parece enfim ter encontrado uma forma de resolver o problema.

Os planos de Xangai

Xangai pode ser conhecida por seus deslumbrantes arranha-céus, mas uma grande parte da cidade em breve terá enormes fazendas verticais para cultivar frutas e legumes. A cidade está planejando construir um bairro agrícola de 250 hectares, que funcionará como um espaço para viver, trabalhar, se relacionar e fazer compras.

Denominado Sunqiao Shanghai, o projeto incluirá praças públicas, parques, moradias, lojas, restaurantes, estufas e um museu de ciências. O distrito está sendo desenvolvido pela empresa de arquitetura Sasaki e almeja se tornar uma maravilha moderna de desenvolvimento urbano.

Xangai 001

Sunqiao Shanghai incluirá fazendas de algas, estufas e mercados

Mais do que projetar Xangai como um líder na produção de alimentos urbanos, o projeto terá um papel importante de educar as novas gerações sobre a origem dos alimentos e a importância de cultivá-los. A agricultura vertical desenvolvida no distrito será um laboratório dinâmico vivo para a inovação e educação.

Xangai 002

O distrito também terá moradias, lojas, restaurantes e um museu de ciências

O projeto servirá como um grande centro de inovação, interação e educação no mundo da agricultura. As fazendas verticais apresentam um novo conceito para a vida urbana, celebrando a produção de alimentos como uma das funções mais importantes de uma cidade.

Xangai 004

Espinafre, couve e agrião são alguns exemplos de folhas verdes que serão cultivadas nas fazendas verticais

A construção do distrito Sunqiao Shanghai está programada para iniciar até 2018, e será localizada entre o principal aeroporto internacional de Xangai e o centro da cidade. Se bem sucedido, o projeto oferecerá uma abordagem inovadora à agricultura urbana e servirá de exemplos para o resto do globo.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER SEMANAL

Redação do Futuro Exponencial

Comentários no Facebook