Ciência

Turismo espacial poderá ser uma realidade ainda neste ano

Parece coisa de ficção científica, mas, muito em breve, qualquer pessoa poderá fazer turismo espacial. Empresas aerospaciais privadas estão investindo bilhões de dólares para oferecer verdadeiras “experiências de luxo” em órbita. Conheça os empreendimentos que disputam o mercado do turismo espacial:

1. Bigelow Aerospace

A Bigelow Aerospace recentemente divulgou intenções de lançar de dois módulos infláveis em 2021. Com 330 metros cúbicos,  as estações serão capazes de acomodar até seis turistas espaciais e permanecerão em órbita terrestre baixa – entre 350 e os 1400 quilômetros acima da superfície da Terra.

A empresa estaduniense está tão confiante no mercado do turismo espacial que chegou a fundar, em fevereiro deste ano, a Bigelow Space Operations  uma spinoff dedicada exclusivamente ao comércio dos habitats infláveis B330-1 e B330-2, que poderão ser utilizados ​​como “hotéis espaciais”.

turismo espacial 01
A empresa está bastante confiante no mercado do turismo espacial (Crédito: Bigelow Aerospace)

2. Zero 2 Infinity

Já a empresa de transporte espacial Zero 2 Infinity está construindo um módulo pressurizado reutilizável para levar turistas até os limites do espaço sideral. A cápsula será capaz de transportar 6 pessoas por vez (sendo 2 pilotos e 4 passageiros) e subirá aos céus com o auxílio de um balão inflável de hélio.

Os passageiros desfrutarão de uma vista espetacular da Terra, a uma altitude de 36 quilômetros. Com duração de até 6 horas, o passeio não chega, contudo, a atingir o espaço sideral, permanecendo na estratosfera – a camada atmosférica compreendida entre 12 e 50 quilômetros de altitude.

3. Space Adventures

Juntamente com as demais, a Space Adventures também está buscando seu espaço no mercado do turismo espacial. Fundada em 1998, a empresa já enviou várias pessoas à Estação Espacial Internacional (ISS), incluindo o primeiro turista espacial do mundo – o multimilionário norte-americano Dennis Tito.

Embora não tenha enviado ninguém à ISS nos últimos anos, a Space Adventures ainda está ativa e planeja uma ambiciosa viagem à Lua em 2020. A missão pretende levar dois turistas espaciais, acompanhados de um cosmonauta profissional, ao lado oculto da superfície lunar.

4. Orion Span

A startup Orion Span está planejando lançar um hotel espacial de luxo em 2021. A estrutura será do tamanho da cabine de um grande jato particular, terá um volume pressurizado de 160 metros cúbicos e orbitará a uma altitude de 320 quilômetros – um pouco abaixo da ISS, que orbita a 400 quilômetros acima da Terra.

Chamado Aurora Station, o hotel de luxo acomodará até seis hóspedes por vez, incluindo dois membros da tripulação. Segundo a startup, o objetivo é oferecer “uma experiência autêntica de astronauta” aos hóspedes, que poderão sentir os efeitos da “gravidade zero” e assistir a aurora boreal.

5. Blue Origin

De todas as iniciativas apresentadas, os planos da empresa Blue Origin, de propriedade de Jeff Bezos (Amazon), são provavelmente os que apresentam maior probabilidade de ocorrer a curto prazo. Aliás, o próprio CEO Bob Smith declarou que a empresa poderá enviar turistas ao espaço ainda neste ano.

O turismo oferecido pela Blue Origin envolve lançar um veículo suborbitário no início da termosfera ou, de modo ainda mais preciso, na chamada Linha de Kármán – a linha que define os limites entre a atmosfera terrestre e o espaço exterior, a uma altitude de 100 quilômetros acima do nível do mar.

O veículo será equipado com seis gigantescas janelas, de modo a oferecer aos passageiros vistas incríveis da Terra a partir do espaço. O passeio terá a duração total de 10 minutos e, durante a descida, os passageiros experimentarão 5G (força gravitacional). O vídeo a seguir apresenta uma prévia da experiência:

Turismo espacial a todos?

No futuro, o espaço sideral poderá não ser mais exclusivo de astronautas e cosmonautas, mas de todos aqueles com condições financeiras para “visitá-lo”. Da forma como o quadro está sendo emoldurado, as agências aeroespaciais em breve estarão nos oferecendo suas tão desejadas aventuras orbitais de cinco estrelas.


Além dos empreendimentos mencionados, também estão buscando espaço no turismo espacial as seguintes empresas: Axiom Space, Astrium, Boeing, Excalibur Almaz, Space Island Group e SpaceX.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER SEMANAL

Redação

Futuro Exponencial é um site que se dedica a cobrir os mais recentes avanços tecnológicos e seus potenciais impactos para o futuro da humanidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Comentários no Facebook