Negócios

Trabalho com liberdade

Trabalho com liberdade. Até quando vamos continuar com medo de perder o emprego, confinados em um trabalho que nos sustenta, mas nos deixa infelizes?

Dos brasileiros, 72% são infelizes no trabalho. A maioria dos profissionais sabe que mudanças profundas acontecerão e, ainda assim, muitos continuam afogados em suas tarefas diárias, apegados a um emprego que não os atende, ao invés de escolher o que querem viver de verdade.

Nos modelos sociais atuais nos acostumamos a responsabilizar as instituições pela manutenção das nossas vidas pessoais e profissionais. No mundo contemporâneo, o empoderamento da diversidade, a busca pela autenticidade e a exigência de adultos bem construídos parecem ganhar forma cada vez mais rápido.

Trabalho com liberdade

Que tal se amadurecêssemos como espécie, e cada adulto se responsabilizasse pelo que faz e pelo que cria, incluindo a própria vida e a carreira? Por que precisamos de governos decidindo nosso futuro, de empresas decidindo nosso caminho profissional?

A revolução em andamento propõe a ruptura dos modelos vigentes em todas as esferas e deve durar os próximos 20 anos. Muitas questões sociais ligadas aos avanços da tecnologia vêm sendo debatidas e uma das mais frequentes é a automação, que poderá fazer com que milhões percam seus empregos.

liberdade 01
Por que precisamos de empresas decidindo nosso caminho profissional? (Crédito: Shutterstock)

Ninguém conhece o futuro, essa é a verdade! Posições podem ser ocupadas, outras adaptadas e uma série de oportunidades surgirão para aqueles que abraçarem a mudança e o aprendizado que ela exige.

A Gig Economy já movimenta nosso mundo e os trabalhadores livres, que chamo de Freeworkers, já são uma realidade. (Leia mais sobre os freeworkers aqui)

Um lugar no novo mercado de trabalho

A saída em massa do mundo corporativo e a negativa dos jovens a participarem do tradicional formato de empresa propõem à sociedade novos formatos. Um deles é a liberdade para que cada profissional possa escolher onde e com o que deseja trabalhar, e ainda ter a opção de trabalhar em mais de um projeto ao mesmo tempo.

Não precisamos mais de uma identificação única ou um sobrenome corporativo. Eu mesma tenho hoje cinco trabalhos simultâneos e sou feliz e eficaz nos cinco.

A liberdade exige responsabilidade e comportamento adulto. O Freeworker precisa ter sua identidade muito clara para que possa fazer boas escolhas para si mesmo e à rede com a qual trabalha. Precisa de um bom posicionamento profissional, coragem para apostar, acertar e errar, disposição para corrigir a rota o tempo todo e de maturidade para não manchar sua marca.

Esse pode ser o futuro de profissionais de todas as idades. Já vivemos em média 100 anos, a aposentadoria é algo cada vez mais remoto, profissionais maduros estão de volta ao mercado e a transformação do mundo exige novas fórmulas. Qual é o seu lugar no novo mercado de trabalho?


Para se aprofundar nesse tema e participar do futuro, conheça nossa AGENDA DE CURSOS. Viajamos o Brasil todo conectando pessoas e empresas com o futuro. Saiba como levar a W Futurismo para a sua cidade clicando aqui.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER SEMANAL

Jaqueline Weigel

Futurista, Humanista, Estrategista de Inovação, Instrutora de Liderança Exponencial e CEO da W Futurismo.

ARTIGOS RELACIONADOS

Comentários no Facebook

Leia também

Fechar