iate
Transportes

Conheça Tetrahedron, o super iate que pode flutuar acima do nível da água

O protótipo foi desenvolvido pelo arquiteto britânico Jonathan Schwinge

O arquiteto britânico Jonathan Schwinge projetou um super iate capaz de flutuar acima do nível da água com extrema facilidade. A embarcação, que mais parece uma nave alienígena de uma galáxia distante, tem potencial para revolucionar a navegação em todo o mundo.

Cansado da arquitetura naval tradicional, Schwinge buscou inspirações na geometria para projetar o Tetrahedron. O nome se origina do tetraedro, um poliedro composto por quatro faces triangulares, sendo três delas encontradas em cada vértice. Simplificando: uma pirâmide triangular.

Tetrahedron, o iate flutuante

A forma do tetraedro produz um “telhado” puro, preciso, lógico e matemático que se conecta diretamente ao casco. Como resultado desta configuração, o super iate é capaz de desafiar a gravidade e flutuar sobre as águas, alcançando uma velocidade superior à da maioria de seus pares.

iate 04

Quando está parado ou em baixa velocidade, o Tetrahedron flutua em três cascos inferiores (Crédito: Schwinge)

Enquanto os iates mais velozes do mundo conseguem chegar a 27 nós, o Tetrahedron poderia navegar com uma velocidade máxima de 30 nós (em torno de 55 km/h). A embarcação possui ainda uma autonomia para até 3.000 milhas náuticas (em torno de 5.556 km).

Quando está parado ou em baixa velocidade, o Tetrahedron flutua em três cascos inferiores. Já quando está em alta velocidade, a embarcação se levanta da água graças a um conjunto profundamente submerso de hidroplanos anexados a um pilar central.

iate 02

Quando está em alta velocidade, o Tetrahedron flutua sobre a água (Crédito: Schwinge)

A tecnologia envolvida na elevação do iate é chamada de HYSWAS (Hydrofoil Small Waterplane Area Ship), integrando um suporte vertical retrátil fixo ao casco de torpedo submerso. A técnica permite que o Tetrahedron elimine as batidas em águas turvas e acabe, inclusive, com o enjoo dos passageiros.

A técnica não é nova e vem sendo utilizada por diversas empresas, como a construtura naval americana Maritime Applied Physics Corporation, sediada em Baltimore, no estado de Maryland. Contudo, Jonathan Schwinge conseguiu ressignificar o conceito e elevá-lo para um novo patamar.

iate 03

O Tetrahedron repensa a arquitetura naval tradicional (Crédito: Schwinge)

O super iate futurista tem também um sistema de piloto automático. O mecanismo controla a arfagem (pitch, em inglês), que consiste no movimento em torno do eixo horizontal – semelhante ao “levantar e abaixar o nariz” dos aviões – e o afundamento do barco (heave, em inglês).

iate 05

O super iate futurista tem também um sistema de piloto automático (Crédito: Schwinge)

O arquiteto britânico Jonathan Schwinge está trabalhando nos detalhes do projeto para torná-lo uma realidade em breve. Ele pretende se dedicar integralmente para aprimorar tanto o design quanto as funcionalidades do super iate.

Será Tetrahedron o futuro da navegação nos lagos, rios, mares e o oceanos de todo o mundo?

ASSINE NOSSA NEWSLETTER SEMANAL

Futuro Exponencial é um site dedicado a cobrir os mais recentes avanços tecnológicos e seus potenciais impactos para o futuro da humanidade. Contate-nos: contato@futuroexponencial.com

Comentários no Facebook