táxis voadores e-volo
Transportes

Startup alemã pretende lançar táxis voadores até 2018

Conheça o Volocopter 2X, o multicóptero elétrico desenvolvido pela E-volo

A maioria dos filmes de ficção científica passados no futuro apresentam takes de táxis voadores levando passageiros pelas cidades. A predileção por retratar cenas como estas demonstra, ainda que de forma velada, o quanto os seres humanos buscam viabilizar essa modalidade de transporte.

A ideia de táxis voadores, a propósito, não é nova. Em The Jetsons, os protagonistas já se deslocavam assim nas cidades futuristas. Quem assistiu a série animada de Hanna-Barbera nas décadas de 1960 e 1970, dificilmente acreditou que um dia o fenômeno pudesse se tornar realidade.

Mas o mundo de hoje está sempre nos surpreendendo, e enquanto muitos se contentam em imaginar os veículos voadores apenas nas telas do cinema – ou em séries animadas como The Jetsons –, outros realmente estão buscando transformar a ficção em realidade. É caso, sem dúvida, da startup alemã E-volo.

Desde 2011, E-volo vem trabalhando em uma aeronave de decolagem e aterragem vertical denominada Volocopter 2x. Após muitos ajustes, a startup está confiante de que poderá em breve introduzir a aeronave no cenário comercial.

táxis voadores 001

Design do Volocopter 2X (Fonte: e-volo.com)

Veloz, ecológico e seguro

O Volocopter 2X é um multicóptero elétrico projetado para dois passageiros, que pode ser operado de forma presencial (com um piloto dentro da cabine), remota (por meio de um joystick) ou autônoma (por meio de um “piloto automático”).

táxis voadores 002

Cabine de comando interno do Volocopter 2X  (Fonte: e-volo.com)

A aeronave vem com nove baterias, que lhe permitem voar a uma velocidade de cruzeiro de 69 km/h durante 17 minutos. O Volocopter 2X pode alcançar uma velocidade máxima de 100 km/h.

táxis voadores 003

O Volocopter 2X pode chegar até 100 km/h  (Fonte: e-volo.com)

Mais do que oferecer uma experiência única na maneira de viajar, a E-volo quer trazer um olhar mais ecológico para o setor de aviação. Por isso, o Volocopter 2X é projetado com motores elétricos, o que o torna mais ecológico e mais silencioso do que os helicópteros convencionais.

A máquina possui um controle automático da altitude, sem a intervenção do piloto, que estabiliza imediatamente a aeronave caso haja o menor sinal de turbulência. Além disso, caso o piloto queira deixar o joystick ligado e olhar para alguma paisagem com admiração, o Volocopter manterá sua altitude e posição.

Um futuro de táxis voadores?

Ciente de que a mobilidade urbana precisa de melhorias urgentes, a E-volo planeja experimentar um serviço de táxi com o Volocopter 2X até 2018. Para que o projeto possa ser viabilizado com êxito, a startup alemã deverá antes obter aprovação internacional para voar no resto da Europa e nos Estados Unidos.

Na visão da E-volo, o Volocopter 2X não foi concebido para ser apenas um avião desportivo, mas para oferecer novas soluções aos sistemas de mobilidade urbana. Serão os Volocopters o futuro do transporte?

ASSINE NOSSA NEWSLETTER SEMANAL

Redação do Futuro Exponencial

Comentários no Facebook