Ciência

Startup japonesa pretende lançar duas missões à Lua até 2021

A ispace anunciou planos para lançar duas missões à Lua. Como não dispõe da tecnologia de lançamento, a startup japonesa contará com a colaboração da SpaceX. Os lançamentos das missões estão previstos para 2020 e 2021, respectivamente, a bordo do foguete Falcon 9, da empresa de Elon Musk.

Em síntese, o objetivo da primeira missão é dar uma volta ao redor da Lua. Essa jornada inicial está programada para 2020. Já a segunda missão, prevista para meados de 2021, deverá realizar um pouso suave na Lua. Em resumo, o objetivo será implantar robôs para coletar dados na superfície lunar.

O programa, chamado HAKUTO-R, será uma demonstração tecnológica para o ispace. Com ele, a startup pretende provar que sua tecnologia é realmente suficiente para chegar na Lua. Já a longo prazo, o objetivo é nada menos que estabelecer as bases para uma série de planos ambiciosos.

Os planos da startup japonesa

Para realizar os lançamentos, a startup japonesa contará com o foguetão Falcon 9, da SpaceX. Tanto o módulo lunar quanto o rover da ispace serão transportados como cargas secundárias. Em suma, a missão será considerada bem-sucedida apenas se o módulo lunar alcançar a órbita do satélite natural da Terra.

Compartilhamos a visão com a SpaceX de permitir que os seres humanos vivam no espaço. Por isso, estamos muito felizes por eles se unirem a nós nesta primeira etapa de nossa jornada.Takeshi Hakamada (CEO da ispace)

Missões na superfície lunar

Ambas as missões envolvem um investimento de mais de US$ 90 milhões. Em suma, se tudo correr bem, a ispace iniciará um serviço de transporte lunar robótico. Além disso, a startup japonesa estima que, em um futuro não distante, o trabalho ajudará a consolidar um assentamento humano permanente na Lua.

startup japonesa 01
Em síntese, ambas as missões envolvem um investimento de mais de US$ 90 milhões (Crédito: ispace)

Estamos entrando em uma nova era na exploração espacial. E a SpaceX tem orgulho de ter sido escolhida pela ispace para lançar suas primeiras missões lunares. – Gwynne Shotwell (Presidente da SpaceX)

Só para ilustrar: a ispace não é a única que deseja a Lua. Em resumo, dentre as empresas interessadas estão a Astrobotic, Blue Origin e Moon Express. Com o recente anúncio da missão privada da SpaceX, ao que tudo indica surgirão novas empresas para disputar a nova corrida espacial do século XXI.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER SEMANAL

Redação

Futuro Exponencial é um site que se dedica a cobrir os mais recentes avanços tecnológicos e seus potenciais impactos para o futuro da humanidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Comentários no Facebook