Tecnologia

Conheça SoFi, o robô que nada como um peixe

Pesquisadores do MIT desenvolveram um peixe robótico com o objetivo de explorar mundos oceânicos inacessíveis a seres humanos. Batizada de SoFi (Soft Robotic Fish), a máquina pode nadar por 40 minutos, suportar correntes fortes e registrar imagens submarinas usando suas lentes “olho de peixe”.

Construída no MIT Computer Science and Artificial Intelligence Laboratory (CSAIL) – instalação dedicada a difundir o campo da computação e desenvolver novas tecnologias –, a inovação pretende desvelar segredos da vida oceânica e aprimorar a compreensão dos biológicos sobre a flora e fauna marinhas.

Com uma cauda flexível feita de elastômetro de silicone, SoFi é capaz de nadar em linha reta, virar e mergulhar (para cima ou para baixo). Além de conseguir controlar sua própria flutuabilidade, graças à bomba hidráulica que move sua cauda, o peixe tem destreza suficiente para nadar sob os corais.

SoFi 01
SoFi pode controlar sua própria flutuabilidade (Crédito: MIT)

Controlando SoFi

Para se comunicar com o peixe robótico e controlar seus movimentos, os pesquisadores primeiro hackearam um controle remoto Nintendo, tornando-o impermeável. Depois, incorporaram um sistema de comunicação acústica para enviar sinais ultrassônicos na água e viabilizar o controle do robô a 20 metros de distância:

A comunicação por rádio frequência subaquática só funciona por alguns centímetros. Já sinais acústicos na água podem viajar por muito mais tempo e com muito menos consumo de energia. – Robert Katzschmann (roboticista do MIT CSA)

SoFi não é o primeiro peixe-robô projetado para uso científico, mas reúne uma série de características que lhe permitem se misturar, despercebido, entre as multidões subaquáticas. Com seu nado suave e despreocupado, o robô poderá ajudar cientistas a desvelar alguns dos segredos da vida marinha.

SoFi 02
Os pesquisadores hackearam um controle remoto Nintendo para controlar o peixe-robô (Crédito: MIT)

A máquina ainda é controlado remotamente, mas os pesquisadores pretendem acrescentar novas funcionalidades em breve, permitindo que SoFi acompanhe animais marinhos sem levantar suspeitas. Isso poderia ajudar biólogos a monitorar a saúde das populações de peixes e descobrir novos mundos oceânicos.

Há tantos fenômenos submarinos misteriosos que ainda temos que testemunhar. – Daniela Rus (Pesquisadora do CSAI)

ASSINE NOSSA NEWSLETTER SEMANAL

Redação

Futuro Exponencial é um site que se dedica a cobrir os mais recentes avanços tecnológicos e seus potenciais impactos para o futuro da humanidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Comentários no Facebook