Tecnologia

Este estranho robô poderá monitorar sua saúde no futuro

A ideia é fazer robôs vestíveis que se movam em torno do seu corpo, como pequenos companheiros robóticos. – Artem Dementyev (pesquisador do MIT Media Lab)

Monitorar a saúde com ventosas

Skinbot é o primeiro robô que pode subir na pele. Conforme Artem Dementyev, pesquisador do MIT Media Lab, o dispositivo mapeia com precisão as propriedades mecânicas do corpo. Além disso, suas ventosas são formadas por anéis de mentais, que conseguem captar a frequência cardíaca e a atividade muscular.

monitorar 01
Já imaginou um robô inspecionando seu corpo enquanto você dorme? (Crédito: MIT Media Lab)

Nós já temos robôs que exploram Marte de forma autônoma. Então, por que não ter robôs que possam explorar a nós mesmos? – Artem Dementyev

Sensores vestíveis que se arrastam pelo corpo

Já imaginou um robô inspecionando seu corpo enquanto você dorme? É o que Skinbot se propõe a fazer. Com um pequeno microscópio, o robô examinaria sua pele em busca de sinais de câncer ou outras doenças. Conforme Dementyev, o dispositivo seria um robô médico eternamente vigilante.

De acordo com o especialista, Skinbot ainda é um trabalho exploratório e preliminar. A comercialização é provável no futuro, mas deverá levar ao menos meia década. Antes disso, os pesquisadores precisam solucionar desafios técnicos, tais como remover os fios e tornar o robô autônomo mais prático.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER SEMANAL

Redação

Futuro Exponencial é um site que se dedica a cobrir os mais recentes avanços tecnológicos e seus potenciais impactos para o futuro da humanidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Comentários no Facebook