Transportes

Realidade aumentada poderá ser o futuro da indústria automotiva

A startup suíça WayRay está desenvolvendo uma solução de display holográfico para automóveis, com objetivo de levar a experiência de condução ao próximo nível. O novo sistema automotivo é baseado em realidade aumentada e integra perfeitamente objetos virtuais em torno do veículo.

Com sede em Lausana (Suíça), a WayRay recentemente recebeu um aporte de US$ 80 milhões. Em suma, quem está apostando na tecnologia é nada menos que as gigantes Porsche, Hyundai e Alibaba. Conforme a empresa, os fundos serão utilizados para expandir sua equipe e impulsionar a área de P&D.

A WayRay tem uma especialização notável em desenvolvimento de hardware e software para sistemas de exibição de AR holográfico. – Youngcho Chi (Diretor de inovação do Hyundai Motor Group)

A WayRay recentemente recebeu um aporte de US$ 80 milhões (Crédito: WayRay)

O futuro da indústria automotiva

Em síntese, já existem veículos no mercado com heads-up display (HUDs). O software não é exatamente uma novidade. A tecnologia foi inicialmente desenvolvida para aeronaves, de modo a fornecer informações visuais ao piloto sem que se precise desviar os olhos do alvo em frente à aeronave.

Contudo, a tecnologia do WayRay possui um sistema de projeção menor. Desse modo, o sistema pode ser instalado em praticamente qualquer modelo de veículo. Ao mesmo tempo, o campo de visão é extremamente amplo e permite exibir objetos virtuais a uma distância confortável aos olhos do motorista.

Conforme a startupnão existem hoje tecnologias capazes de corresponder a esses parâmetros. Em síntese, a WayRay está determinada não apenas a aprimorar os sistemas de navegação dos automóveis, mas também a construir uma plataforma de realidade aumentada para revolucionar a mobilidade pessoal.

O novo sistema automotivo é baseado em realidade aumentada (Crédito: WayRay)

Realidade aumentada também nas residências

Desde a sua criação em 2012, a WayRay arrecadou mais de US$ 100 milhões. Até o final de 2019, a startup espera reunir ao menos US$ 1 bilhão. Os planos são ambiciosos e não terminam na indústria automotiva. O portfólio deverá abranger também as residências, com a construção de “vidros inteligentes”.

Aguardemos as cenas dos próximos capítulos.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER SEMANAL

Redação

Futuro Exponencial é um site que se dedica a cobrir os mais recentes avanços tecnológicos e seus potenciais impactos para o futuro da humanidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Comentários no Facebook