Cultura

O que podemos fazer para Porto Alegre ser mais segura?

Parece que de repente ouvir histórias de violência em Porto Alegre se tornou algo normal. Não estou falando daquelas que dão capa de jornal, mas do tipo de notícia que você recebe por WhatsApp, nas suas redes sociais, por telefone ou na conversa com os amigos.

  • “Estou sem celular. Fui assaltado. Mensagens por aqui”;
  • “Vcs viram o que aconteceu com o Rodrigo?”;
  • “Quebraram o carro da Dani de novo. Pelo menos dessa vez não foi sequestro relâmpago”;
  • “Também, estava andando na rua essa hora. Tava pedindo pra ser assaltada”.

Quantos notícias dessas você recebeu no último mês? E no último ano? Eu já perdi as contas. Cada vez parece que está mais próximo da gente, é só uma questão de tempo para entrarmos nas estatísticas. O resultado? Pessoas com medo, ruas e restaurantes vazios e aquela sensação de que nada está sendo feito.

Até pouco tempo atrás, Porto Alegre figurava entre as cidades conhecidas pela qualidade de vida, bem-estar e potencial econômico/criativo. Então o que aconteceu? O que gerou essa transformação?

Porto Alegre 01
Imagens das notícias relacionadas a “Porto Alegre” realizada numa busca via NewsMonitor

A verdade é que segurança pública é um assunto bem complexo, e de longe não pode ser vista apenas como um assunto de polícia. Segundo dados do Instituto Cidade Segura, divulgados pela Revista Exame, medidas preventivas, maior integração entre os órgãos de segurança e participação da iniciativa privada estão entre as principais estratégias adotadas por especialistas para reduzir a violência.

Porto Alegre 02
Dados da 1º Pesquisa de Vitimização de Porto Alegre – Instituto Cidade Segura

Medidas Preventivas são consideradas ações de urbanismo, incentivo aos jovens, para que permaneçam na escola ou se conectem a outros futuros/oportunidades possíveis até um olhar criativo e tecnológico para a polícia (com novas formações e ferramentas de prevenção).

Porto Alegre 03
Matéria Publicada na Revista Exame no dia 01 de março de 2018

De Jane Jacob, especialistas em criminologia até a ONU já apontaram a importância desse olhar sistêmico sobre a segurança — incluindo estratégias sociais, econômicas e de ocupação dos espaços públicos. Novas estratégias demandam novas abordagens. E é por que essas transformações não acontecem de forma isolada e exigem uma ação conjunta entre poder público, organizações sociais, iniciativa privada e sociedade.

Porto Alegre  mais segura

E é justamente isso que o Movimento Cidade Segura se propõe: envolver cidadãos, universidades, empresas e governo em um movimento em prol da segurança preventiva e, colaborativamente, criar e apoiar novas políticas públicas para a cidade.

Porto Alegre 04

Somos um coletivo de organizações — apartidário — que acredita que é possível tirar essa pauta das páginas policiais e gerar um engajamento no tema de forma propositiva. Nossa proposta está baseada em duas frentes: seminário para inspirar e criar o diálogo sobre o tema + um laboratório de inovação para prototipar e testar soluções no território.

O Seminário Internacional

Contará com conteúdo inspiracional com base em experiências exitosas e referências nacionais e internacionais de redução da violência nos últimos 25 anos, especialmente iniciativas inovadoras de engajamento da sociedade e reformas na gestão das polícias, buscando identificar pontos em comum e lições que podem ser aproveitadas pelo RS. O evento também contará com oficinas práticas para a construção colaborativa de uma agenda comum de segurança para Porto Alegre por meio de oficinas e dos insights gerados ao longo das palestras e painéis.

Laboratório de Inovação Pública

Um laboratório experimental para desenvolver novas práticas preventivas contra violência e inspirar novas políticas públicas na cidade, envolvendo a população, empreendedores e organizações na implementação dessas soluções. Ação pioneira no Brasil que apoia empreendedores a desenhar, validar e prototipar ideias que solucionem os desafios ligados à segurança preventiva na cidade de Porto Alegre.

Nada disso fará sentido sem a sua participação!

No dia 21/03 vamos lançar oficialmente o Movimento Cidade Segura por meio de um Webinar especial com alguns dos convidados do Seminário e Equipe Movimento Cidade Segura. A iniciativa conta com o apoio do Futuro Exponencial.

Porto Alegre 01

Você pode fazer muito por Porto Alegre — descubra o caminho junto com a gente! Aguardamos você. Para saber mais detalhes sobre a iniciativa, clique aqui.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER SEMANAL

Carla Link

Mestre em Design Estratégico, Carla acredita no potencial colaborativo das pessoas para transformar as cidades em lugares melhores e mais sustentáveis. Há 6 anos desenvolve projetos de inovação social a partir do design, trabalhando na construção de estratégias, plataformas e serviços para melhorar os sistemas urbanos e a qualidade de vida nas cidades. Sua empresa, a Talking City, foca na melhoria de serviços públicos baseada na colaboração com cidadãos, tendo com uma das principais iniciativas o Movimento Cidade Segura.

ARTIGOS RELACIONADOS

Comentários no Facebook