Tecnologia

Milhares de pessoas na Suécia estão implantando microchips na pele

Milhares de pessoas na Suécia estão implantando microchips em seus corpos, para que não precisem carregar cartões de identificação profissional. Os dispositivos, tão pequenos quanto grãos de arroz, foram usados pela primeira vez no país em 2015. Desde então, cerca de 3.000 suecos já se submeteram aos implantes.

Os implantes usam a tecnologia Near Field Communication (NFC), a mesma dos cartões de crédito. Em síntese, a tecnologia permite a troca de informações sem fio entre dispositivos compatíveis que estejam próximos um do outro, através de ondas eletromagnéticas (RFID – Radio-Frequency IDentification).

Pioneirismo da Suécia

A Epicenter foi a primeira a implantar microchips nas mãos dos empregados. Com os dispositivos, os funcionários da empresa passaram a abrir portas, operar impressoras e até comprar smoothies na lancheria. Em síntese, os novos microchips tornaram os funcionários capazes de interagir melhor no ambiente do escritório.

Os microchips são injetados na área carnuda da mão, ao lado do polegar. O procedimento é semelhante à colocação de um piercing e se dá por meio de seringas pré-carregadas. A seringa desliza entre o polegar e o dedo indicador, deixando apenas uma gota de sangue. Em resumo, a sensação é de uma “leve picada”.

Viajando de trem com microchips

Em 2017, uma linha ferroviária sueca começou a escanear as mãos de passageiros com chips biométricos para cobrar as passagens a bordo. Embora algumas questões relativas à privacidade e segurança tenham sido levantadas inicialmente pelos passageiros, a reação à ideia foi, em grande parte, positiva.

implantando 01
Só para ilustrar: a empresa SJ está escaneando as mãos dos passageiros para cobrar os bilhetes (Crédito: SJ)

Implantando microchips

Os suecos parecem bastante dispostos a experimentar os microchips em seus corpos. Já algumas nações ainda está avessas aos implantes. Nos Estados Unidos, por exemplo, apenas 50 funcionários da empresa Three Square Market concordaram voluntariamente em inserir microchips em suas mãos.

implantando 02
Funcionário da Three Square Market implantando o chip em sua mão esquerda (Crédito: Jeff Baenen)

O corpo humano será a próxima grande plataforma?

Para Hannes Sjöblad, fundador de uma rede biochackers chamada BioNyfiken, o corpo humano é a próxima grande plataforma. De acordo com ele, estamos atualizando nossos corpos com tecnologia em grande escala, já com wearables. E todos os wearables que usamos hoje serão implantados em cinco a dez anos.

Quem quer carregar um smartphone desajeitado (…) quando você pode tê-lo em sua unha? Eu acho que é a direção para onde ele está indo. – Hannes Sjöblad

ASSINE NOSSA NEWSLETTER SEMANAL

Redação

Futuro Exponencial é um site que se dedica a cobrir os mais recentes avanços tecnológicos e seus potenciais impactos para o futuro da humanidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Comentários no Facebook

Leia também

Fechar