óculos
Virtualidade

Óculos de realidade aumentada irão substituir smartphones em apenas 5 anos

No futuro, a realidade aumentada será capaz de muito mais que apenas aumentar a realidade

O Facebook promove nessa semana sua conferência anual de desenvolvedores, a F8. O evento, realizado em San Jose, Califórnia, reúne avançados produtos tecnológicos, óculos deslumbrantes, demonstrações interativas e protótipos inovadores que deverão impactar a vida de milhões de consumidores nos próximos anos.

Apesar da qualidade dos projetos apresentados, chamou a atenção de muitos, no primeiro dia do evento, a previsão de Michael Abrash, pesquisador-chefe da Oculus (do Facebook). Segundo ele, 2022 poderá ser o ano em que óculos de AR começarão a substituir os smartphones para se tornar o novo gadget indispensável em nossas vidas.

óculos abrash

Michael Abrash apresenta seus principais insights na F8

Apesar de toda a atenção focada na realidade aumentada hoje, serão cinco anos, no máximo, até que estejamos realmente no início de uma rampa que irá espalhar a realidade aumentada baseada em óculos para todo lugar. – Michael Abrash

Abrash, que trabalha tanto com headsets de realidade virtual (VR) quanto com óculos de AR, explicou que AR ainda não chegou no seu “momento Macintosh”. Para ele, nos próximos anos começaremos a perceber a substituição dos smartphones pelos óculos e, nas próximas décadas, deverá ocorrer a adoção generalizada da tecnologia.

Dentro de 20 ou 30 anos, prevejo que, em vez de levarmos smartphones elegantes para todos os lugares, usaremos óculos elegantes. Os óculos oferecerão VR, AR e tudo o mais, e vamos usá-los o dia todo. – Michael Abrash

Os óculos de AR substituirão os smartphones?

Na ótica do pesquisador-chefe da Oculus, os óculos de AR poderão dar “superpoderes” ao usuário, melhorando a memória, fornecendo traduções instantâneas em tempo real e até mesmo isolando sons e ruídos.

Embora a previsão de Abrash pareça otimista, não custa lembrar que a tecnologia já existe hoje, ainda que em estágio quase embrionário. O HoloLens, headset produzido pela Microsoft que sobrepõe a vista do usuário com imagens tridimensionais, permitindo ao usuário interagir com os objetos e remanejá-los da forma que quiser.

Se o visão de futuro apresentada no evento irá mesmo se concretizar nos próximos anos, ainda é muito cedo para dizer. Mas, da forma como o quadro está emoldurado, a tecnologia de realidade aumentada será capaz de muito mais que apenas aumentar a realidade.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER SEMANAL

Futuro Exponencial é um site dedicado a cobrir os mais recentes avanços tecnológicos e seus potenciais impactos para o futuro da humanidade. Contate-nos: contato@futuroexponencial.com

Comentários no Facebook