Cultura

Imagine um mundo sem barreiras idiomáticas

Uma pesquisa da Economist Intelligence Unit concluiu que o Brasil está entre os países com mais dificuldades idiomáticas, principalmente em relação ao inglês – a língua universal no mundo corporativo –, o que afeta significativamente seus negócios.

Em resumo, do universo de brasileiros entrevistados no estudo:

  • 74% acreditam que suas empresas sofrem com a perda de negócios internacionais importantes em virtude da barreira na linguagem.

Só para ilustrar: o índice é bastante alto se comparado com a média global (em torno de 50%).

Ainda conforme a pesquisa:

  • 77% dos entrevistados reconhecem que a falta de clareza na comunicação resulta na perda significativa de produtividade. Além disso, no próprio enfraquecimento das relações empresariais com países estrangeiros.

As barreiras linguísticas sempre foram um obstáculo ao desenvolvimento dos negócios no país. E o cenário tende a se agravar nos próximos anos. O mercado está cada vez mais competitivo. As relações internacionais são mais importantes para as empresas brasileiras do que nunca.

Os brasileiros devem quebrar, de uma vez por todas, as barreiras idiomáticas. Ao menos se quiserem sobreviver no mundo corporativo.

Em síntese, a boa notícia é que uma nova geração de tecnologias de tradução estão criando um mundo onde todos podem conversar em qualquer língua, em tempo real.

O Google Tradutor, desenvolvido há mais de uma década, oferece suporte de tradução entre mais de 100 línguas, tendo excelentes resultados.

Outro exemplo de tradução simultânea é o Skype. Em resumo, ele oferece tradução de voz para sete línguas (Inglês, Francês, Alemão, Italiano, Mandarin, Português e Espanhol), quase que instantaneamente, durante o chamada de vídeo.

Um futuro sem barreiras idiomáticas?

Só para ilustrar: todas essas tecnologias parecem não superar o novo Pilot.

Desenvolvido pela empresa de inovação Waverly Labs, o Pilot é o primeiro fone de ouvido inteligente do mundo a oferecer tradução simultânea, em tempo real, entre línguas diferentes.

idiomáticas pilot
O Pilot está disponível em três cores

O Pilot capta cinco línguas (Inglês, Francês, Italiano, Português e Espanhol), utilizando as mais recentes tecnologias de reconhecimento de voz. Com o dispositivo colocado na orelha, os usuários, mesmo falando línguas diferentes, conseguem entender claramente uns aos outros.

Simplificando: quando uma pessoa fala, a outra ouve o que foi dito em sua língua nativa.

Enfim, ao que parece o Tradutor Universal de Star Trek e o Babel Fish de O Guia do Mochileiro das Galáxias finalmente deixaram a ficção científica para adentrar em nossa realidade – em uma versão menor, menos invasiva e bem mais sofisticada.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER SEMANAL

Redação

Futuro Exponencial é um site que se dedica a cobrir os mais recentes avanços tecnológicos e seus potenciais impactos para o futuro da humanidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Comentários no Facebook