Magic Leap
Virtualidade

Magic Leap apresenta o seu tão aguardado headset de realidade aumentada

Magic Leap One promete mudar a forma como experimentamos o mundo

Após anos gerando expectativas, a startup norte-americana Magic Leap finalmente revelou detalhes de seu headset de realidade aumentada (AR). Chamado Magic Leap One, o dispositivo promete combinar o mundo real com o mundo virtual em uma dimensão jamais vista até hoje.

Conheça o Magic Leap One

A startup convenceu uma série de investidores de que seus produtos misturariam a realidade com imagens digitais de forma confortável, realista e esteticamente incrível. Como resultado, conseguiu arrecadar nada menos que US$ 1,9 bilhões desde 2011, tendo recebido apoio até do Google.

Pressionada pelos investidores, a startup anunciou nesta semana o tão aguardado headset de AR. O equipamento seria capaz de adicionar novas camadas na realidade usando a tecnologia de campos de luz (lightfield), que trabalhariam junto com sensores para “enganar” o cérebro e criar objetos em AR.

Nossas fotônicas de campo de luz geram luz digital em diferentes profundidades e se misturam perfeitamente com a luz natural para produzir objetos digitais realistas que coexistem no mundo real. Esta tecnologia avançada permite que nosso cérebro naturalmente processe objetos digitais da mesma forma que faz com objetos do mundo real. – Magic Leap

Magic Leap elements

Magic Leap One é a promessa para construir o futuro da realidade aumentada (Crédito: Magic Leap)

Os dispositivos de realidade virtual (VR) e aumentada disponíveis no mercado são normalmente usados por um breve período de tempo. De modo geral, os usuários cansam da experiência virtual após alguns minutos. Há casos de dor nos olhos, desorientação, tonturas, enjoos e até mesmo vômito.

Magic Leap man

O dispositivo poderia ser utilizado por longos períodos de tempo (Crédito: Magic Leap)

Em contrapartida, o Magic Leap One poderia oferecer não apenas uma nova imersão em AR, mas também permitir que o usuário use o dispositivo por longos períodos de tempo. Se a promessa da startup realmente for verdadeira, o equipamento será um grande avanço em relação às demais tecnologias existentes.

Magic Leap portable

Para funcionar, o headset depende de uma unidade de processamento portátil (Crédito: Magic Leap)

O futuro da realidade aumentada

O Magic Leap One é composto por três itens: um headset com sensores de movimento e câmeras, uma unidade de processamento portátil e um controle. Juntos, estes elementos oferecem ao usuário uma janela de visualização em AR, sem precisar envolvê-lo totalmente nesta realidade (como é o caso da VR).

Magic Leap control

O controle é o último dos três componentes do Magic Leap One (Crédito: Magic Leap)

Em suma, o dispositivo promete mudar a forma como experimentamos o mundo. Os usuários poderão gerenciar e-mails, manipular fotos, assistir vídeos no YouTube, ou fazer qualquer outra coisa que normalmente fariam em seus smartphones ou computadores.

A startup anunciou que o headset será lançado para desenvolvedores em 2018. Embora as datas exatas e os preços envolvidos ainda sejam desconhecidos, a disponibilização do produto, ainda que em sua versão preliminar, tem potencial para impactar significativamente o futuro da realidade aumentada.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER SEMANAL

Futuro Exponencial é um site dedicado a cobrir os mais recentes avanços tecnológicos e seus potenciais impactos para o futuro da humanidade. Contate-nos: contato@futuroexponencial.com

Comentários no Facebook