Ciência

Índia lançará sua segunda missão à Lua em 15 de julho

A Organização Indiana de Pesquisa Espacial (ISRO) anunciou que lançará a missão Chandrayaan-2 no próximo dia 15 de julho. A iniciativa pretende enviar um orbitador, lander e rover para explorar o polo sul da Lua. Em síntese, esta será a segunda missão lunar da Índia.

Índia lançará sua segunda missão à Lua

Chandrayaan-2 será lançado a bordo do foguete Geosynchronous Satellite Launch Mark Mark III. Em síntese, é atualmente considerado o booster mais poderoso da Índia. O lançamento ocorrerá no Centro Espacial de Satish Dhawan, ilha de Sriharikota, localizada na região sudeste da índia.

É provável que você também goste:

Agora você pode ler e-mails através de sua própria pele

SpinLaunch assina contrato de lançamento com o Departamento de Defesa

Startup planeja construir “catapulta espacial” para lançar satélites em órbita

Estudando a Lua “de cima a baixo”

Em resumo, a missão incluirá três veículos: um orbitador (que leva o mesmo nome da missão), um lander (batizado de ‘Vikram’) e um rover (batizado de ‘Pragyan’). Juntos, o trio estudará a Lua de cima e também da superfície. No total, a missão transportará 13 instrumentos científicos diferentes para estudar a lua.

índia 01
Só para ilustrar: a missão incluirá três veículos, sendo um orbitador, um lander e um rover (Crédito: ISRO)

Enquanto o lander e o rover foram projetados para durar cerca de um dia lunar (14 dias terrestres) na superfície da lua, o orbiter continuará sua missão por um ano inteiro. Se tudo correr bem, o lander Vikram pousará no polo sul da lua no dia 6 de setembro de 2019. Aguardemos as cenas dos próximos capítulos.

Enfim, gostou da matéria?

Então siga o Futuro Exponencial no Facebook e no Instagram. Além disso, não deixe de acompanhar todos os nossos conteúdos semanais sobre futurismo, tecnologia, inovação, ciência, sustentabilidade, negócios, virtualidade e muito mais.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER SEMANAL

Redação

Futuro Exponencial é um site que se dedica a cobrir os mais recentes avanços tecnológicos e seus potenciais impactos para o futuro da humanidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Comentários no Facebook