impressão 3D
Tecnologia

Como a impressão 3D irá transformar nossas vidas no futuro

Para Avi Reichental, quatro campos terão destaque nos próximos anos

A impressão 3D é o processo de fabricação de qualquer objeto tridimensional baseado em um arquivo digital. Hoje, podemos imprimir objetos em mais de 250 materiais diferentes, desde titânio até borracha, plástico, vidro, cerâmica, couros e até chocolate.

As máquinas atuais são capazes de construir objetos com uma precisão impressionante, camada por camada. As novas técnicas de manufatura digital estão permitindo criar estruturas complexas de materiais misturados e imprimir quase tudo: robôs, lentes, câmeras, peças de aeronaves, próteses médicas e até casas.

A impressão 3D transforma todo o processo de fabricação e também economiza enormes custos, exigindo menos matéria-prima e eliminando a necessidade de inventário. Para o futurista Peter Diamandis, a impressão 3D desmaterializa, desmonetiza e democratiza a fabricação, e transforma todos nós em criadores.

O futuro da impressão 3D

Segundo Avi Reichental, os próximos anos serão excitantes (e, ao mesmo tempo, perturbadores) no que diz respeito às tecnologias de impressão 3D. Para Reichental, que durante 12 anos foi CEO da 3D Systems, a maior empresa de impressão em 3D publicamente negociada no mundo, quatro campos irão receber mais destaque:

1. Alimentação e nutrição

Segundo Reichental, a nova geração de impressoras 3D tornará possível a criação de alimentos para uma nutrição altamente personalizada. As impressoras poderão criar alimentos com base em nossas necessidades, contendo a quantidade de proteínas, carboidratos, vitaminas e suplementos que precisamos.

impressão 3D fruta

A impressão 3D também deverá ser adotada pela linha farmacêutica. Pílulas médicas seriam fabricadas (impressas, compostas e criadas) especificamente para atender nossas necessidades energéticas e nutricionais.

2. Vestuário e wearables

No futuro, seremos capazes de imprimir roupas totalmente funcionais e dispositivos vestíveis (wearables). Sapatos serão feitos sob medida não apenas com base no tamanho de nossos pés, mas também de nossas posturas.

impressão 3D sapato

Na visão de Reichental, os acessórios serão personalizáveis ​​e imediatamente imprimíveis. Tudo será perfeitamente projetado para ficar em consonância com nossos corpos. Você será capaz de ver um belo vestido novo projetado em Paris de manhã, comprá-lo à tarde, imprimi-lo no final do dia e vesti-lo à noite.

3. Diversidade de materiais

Para Reichental, praticamente tudo será possível de ser impresso nos próximos anos. Borracha, metal, vidro, fiação, eletrônicos, carros, casas e smartphones. E tudo com muita agilidade: o que quisermos e quando quisermos.

Hoje você pode imprimir em 3D um caminhão de brinquedo com pneus de borracha, chassis de metal, vidro transparente ou pára-brisa de vidro em uma única impressão. – Avi Reichental

impressão 3D celular

Com o crescimento exponencial da tecnologia, seremos capazes de imprimir dispositivos totalmente funcionais e altamente complexos, contendo circuitos e sensores.

4. Órgãos e tecidos humanos

Pesquisadores já demonstraram de forma convincente que órgãos simples e tecidos complexos podem ser impressos em 3D. As máquinas atuais são capazes de construir vasos sanguíneos, rins, orelhas e corações, utilizando células ao invés de tinta.

impressão 3D coração

Dentro de sete a dez anos, estaremos no negócio de substituir partes e órgãos que nossos corpos não rejeitarão, e talvez possamos ter órgãos ainda melhores do que aqueles com os quais nascemos. – Avi Reichental

Ao que tudo indica, a Medicina deverá em breve solucionar o problema da fila de espera para transplante de órgãos, diminuindo a rejeição dos pacientes e contribuindo para salvar mais vidas.

No futuro, todos teremos impressoras 3D?

Ainda não sabemos se, no futuro, a adoção de impressoras residenciais será uma prática generalizada ou se as pessoas optarão por imprimir seus produtos em locais específicos, como oficinas de fabricação digital (Fab Labs).

Contudo, seja como for, é inegável que as impressoras 3D prenunciam uma era em que o analógico e o digital se mesclam e se tornam indistinguíveis um do outro. E irão transformar o mundo como o conhecemos.

Com um mercado que deverá crescer em torno de 500% até o ano de 2018, gerando uma receita de US$ 16,2 bilhões, o questionamento que fica é apenas um: até onde toda essa tecnologia poderá nos levar?

ASSINE NOSSA NEWSLETTER SEMANAL

Redação do Futuro Exponencial

Comentários no Facebook