imagens
Ciência

Essas 13 imagens de Marte vão mudar completamente sua visão sobre o planeta

Conheça os últimos registros da poderosa câmera HiRISE

A primeira fotografia de Marte foi obtida pela sonda Mariner IV, em 1965. Projetada pela NASA para conduzir observações científicas detalhadas do espaço, a nave espacial não tripulada concretizou a primeira aproximação bem sucedida ao planeta, capturando imagens da superfície marciana.

Embora o registro fotográfico tenha conquistado o grande público, não agradou nem um pouco jornais como o The New York Times. Em editorial, o jornal estadunidense criticou duramente a imagem, afirmando que Marte era uma planeta desinteressante, sem vida e nem merecia ser estudado.

imagens mars 1965

A primeira fotografia de Marte foi obtida em 1965 (Crédito: NASA)

Os Estados Unidos direcionaram seus esforços para pousar na Lua em 1969, mas a ambição de explorar Marte se manteve acesa. Em 2001, a Ball Aerospace & Technologies iniciou a construção de uma poderosa câmera chamada HiRISE (High Resolution Imaging Science Experiment).

A HiRISE foi entregue à NASA em 2004, sendo, no ano seguinte, incorporada à sonda Mars Reconnaissance Orbiter. Nos últimos 12 anos, a câmera registrou mais de 50.000 imagens da superfície marciana, centímetro por centímetro, contribuindo para melhorar nossa compreensão sobre o planeta.

Explorando Marte em 13 imagens

Embora Marte seja conhecido como o planeta vermelho, imagens recentes capturadas pelas lentes da HiRISE revelam uma superfície composta por diversas cores, oferecendo uma compreensão bem diferente daquela que Hollywood normalmente nos apresenta nos cinemas.

A NASA disponibilizou mais de 5.000 fotografias desde 2008. Embora algumas imagens exijam óculos especiais para uma melhor nitidez, escolhemos aquelas com melhor resolução – e que, ao mesmo tempo, apresentam as diferentes colorações do planeta vermelho.

Aproveite a viagem e explore Marte como você nunca viu antes:

01. Cratera com encostas íngremes (explore mais aqui)

imagens 01

Crédito: NASA/JPL/University of Arizona

02. Dunas na região de ‘Nili Patera’ (explore mais esta imagem aqui)

imagens 02

Crédito: NASA/JPL/University of Arizona

03. Camadas de gelo no polo sul do planeta (explore mais esta imagem aqui)

imagens 03

Crédito: NASA/JPL/University of Arizona

04. Deslizamento de terra na região de ‘Xanthe Terra ‘(explore mais esta imagem aqui)

imagens 04

Crédito: NASA/JPL/University of Arizona

05. Campo eólico congelado (explore mais aqui)

imagens 05

Crédito: NASA/JPL/University of Arizona

06. Vales da região de ‘Dao Vallis’ (explore mais esta imagem aqui)

imagens 06

Crédito: NASA/JPL/University of Arizona

07. Um vale na região de ‘Northern Arabia Terra’ (explore mais aqui)

imagens 07

Crédito: NASA/JPL/University of Arizona

08. Montanha no cânion ‘Candor Chasma’ (explore mais esta imagem aqui)

imagens 08

Crédito: NASA/JPL/University of Arizona

09. Dunas grossas em Marte (explore mais esta imagem aqui)

imagens 09

Crédito: NASA/JPL/University of Arizona

10. Camadas de gelo no polo norte do planeta (explore mais esta imagem aqui)

imagens 10

Crédito: NASA/JPL/University of Arizona

11. Encostas na região de ‘Eos Chasma’ (explore mais esta imagem aqui)

imagens 11

Crédito: NASA/JPL/University of Arizona

12. Dunas no polo sul do planeta (explore mais esta imagem aqui)

imagens 12

Crédito: NASA/JPL/University of Arizona

13. Dunas azuis congeladas (explore mais esta imagem aqui)

imagens 13

Crédito: NASA/JPL/University of Arizona


Para visualizar mais imagens da superfície marciana, atualizadas até dezembro de 2017, clique aqui.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER SEMANAL

Futuro Exponencial é um site dedicado a cobrir os mais recentes avanços tecnológicos e seus potenciais impactos para o futuro da humanidade. Contate-nos: contato@futuroexponencial.com

Comentários no Facebook