Cultura

Quão próximos estamos de hiperconectar o mundo todo?

Se você dissesse, nos anos posteriores ao surgimento da World Wide Web, que um dia seria possível hiperconectar o mundo todo, provavelmente o chamariam de louco(a).

Se você afirmasse, dez anos depois, que um dia toda a humanidade estaria conectada pela Internet, talvez não mais o chamariam de louco(a), mas, ainda assim, de sonhador(a).

Se você anunciasse, há menos de cinco anos, que o mundo inteiro estaria conectado em breve, certamente não o chamariam de louco(a) ou sonhador(a), mas seguiriam duvidando que isso pudesse acontecer tão cedo.

Se você dissesse, hoje, que em poucos anos todas as pessoas do mundo estarão conectadas pela Internet, provavelmente o perguntariam se você acha que é o Facebook, o Google ou a SpaceX que vai chegar lá primeiro.

Conectando o mundo todo

Em 2010, 1,8 bilhões de pessoas estavam conectadas à Internet. Em 2016, já éramos mais de 3 bilhões pessoas na rede. Dentro de uma década, portanto, seremos 8 bilhões de pessoas online, com conectividade de alta velocidade.

Facebook, Google e SpaceX estão disputando uma verdadeira corrida. O objetivo? Hiperconectar todo o planeta, respectivamente por meio de balões, drones e satélites. Em síntese, conheça um pouco mais sobre cada um dos projetos:

Facebook’s Aquila

O projeto pretende levar o acesso à Internet para as partes do mundo que ainda não o tem. Como? Por meio de drones movidos a energia solar. Dessa forma, os drones permaneceriam no ar durante meses para possibilitar a cobertura de banda larga a locais distantes:

The internet provides information, opportunity and human connection, yet less than half the world has access. We’re proud to announce the successful first test flight of Aquila, the solar airplane we designed to bring internet access to people living in remote locations. This innovative plane has the wingspan of an airliner but weighs less than a small car and flies on roughly the power of three blow dryers — incredible!

Posted by Facebook on Thursday, July 21, 2016

Google’s Project Loon

O projeto busca fornecer acesso à Internet para pessoas em áreas rurais e remotas. A ideia consiste em lançar uma rede de balões (de 15m de altura) na estratosfera. Cada balão é munido com placas de circuitos que se comunicam com os demais balões – formando assim uma rede –, além de antenas de Internet instaladas no chão:

SpaceX Satellite Constellation

Em novembro de 2016, a empresa SpaceX, fundada por Elon Musk, protocolou um pedido à Federal Communications Commission para lançar 4.425 satélites ao espaço. Em síntese, o número é consideravelmente superior ao total de satélites que orbitam a Terra (1.419):

mundo espaço
A proposta de lançamento de satélites da SpaceX

Dessa forma, uma vez lançados, os satélites cobririam cobrir todo o planeta – uma espécie de “bolha de Internet” –, oferecendo cobertura global muito além da escala que os concorrentes (Loon ou Aquila) poderiam alcançar.

Com iniciativas como estas, hoje podemos afirmar à vontade que, em poucos anos, todas as pessoas do mundo estarão conectadas pela Internet.

A dúvida não é mais se isso vai acontecer, mas quando isso vão acontecer.

Em resumo: quão próximos estamos de hiperconectar o mundo todo?

ASSINE NOSSA NEWSLETTER SEMANAL

Redação

Futuro Exponencial é um site que se dedica a cobrir os mais recentes avanços tecnológicos e seus potenciais impactos para o futuro da humanidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Comentários no Facebook