Ciência

Conheça HAL, o robô que pode sangrar, bocejar e expressar dor

Uma empresa norte-americana desenvolveu um simulador de paciente pediátrico capaz de sangrar, bocejar e expressar dor. Chamado HAL, o robô foi projetado para ajudar os estudantes de medicina a desenvolver as habilidades necessárias para se comunicar, diagnosticar e tratar pacientes jovens.

O menino robô foi criado pela Gaumard Scientific, empresa especializada em simuladores para hospitais e escolas de enfermagem. Através da aprendizagem baseada em cenários (Scenario-Based Learning), HAL pode responder a uma série de perguntas e simular uma variedade de estados emocionais.

HAL, o menino robô

Em síntese, HAL oferece aos estudantes e profissionais de saúde a chance de praticar e dominar suas habilidades. Ao ilustrar quase uma dúzia de expressões faciais, o robô infantil pode ajudar os participantes a avaliar pistas verbais e não verbais para construir habilidades de comunicação.

HAL 01
Em síntese, o menino robô ilustra quase uma dúzia de expressões faciais (Crédito: Gaumard Scientific)

Em resumo, HAL simula uma variedade de estados emocionais comuns. Digamos, por exemplo, que o participante altere o estado emocional do robô para letárgico. Nesse caso, suas pálpebras cairão automaticamente, o movimento da cabeça diminuirá e o bocejo ocorrerá periodicamente.

Além disso, o menino robô é equipado com um poderoso software que permite ao participante criar suas próprias expressões faciais e emoções. Desse modo, é possível expandir ainda mais as experiências de aprendizado. Com isso, incentiva-se um novo nível de interação e comunicação entre médico e paciente.

HAL 02
Só para ilustrar: o robô simula uma variedade de estados emocionais (Crédito: Gaumard Scientific)

Um simulador pediátrico hiper-realista

Com olhos interativos, dedos que sangram e pele que muda de cor, HAL ilustra sinais de vários estados emocionais, traumas e muitas outras doenças e condições neurológicas. Dentre as funções, o robô pediátrico pode receber testes reais de glicose e até mesmo simular uma parada cardíaca.

HAL é o simulador pediátrico de pacientes mais avançado do mundo. – Gaumard Scientific

ASSINE NOSSA NEWSLETTER SEMANAL

Redação

Futuro Exponencial é um site que se dedica a cobrir os mais recentes avanços tecnológicos e seus potenciais impactos para o futuro da humanidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Comentários no Facebook

Leia também

Fechar