Facebook
Cultura

O drone do Facebook está a um passo de transmitir Internet para o mundo todo

A aeronave Aquila completou seu segundo voo com sucesso no deserto do Arizona

Há cerca de dois anos, o Facebook anunciou o ambicioso projeto Aquila, com o objetivo de distribuir Internet a todos por meio de drones movidos a energia solar. As aeronaves permaneceriam no ar para viabilizar a cobertura de banda larga a locais distantes – mesmo nos pontos mais inacessíveis do mundo.

A empresa chegou a conduzir um voo teste do drone Aquila em junho de 2016. Embora tenha se mantido no ar durante 96 minutos – mais do que o triplo planejado para a missão – a aeronave caiu enquanto pousava em Yuma (Arizona), por causa dos ventos fortes daquele dia:

O novo voo do drone gigante do Facebook

Um ano se passou sem muitas notícias do Aquila, levando muitos a acreditar que o projeto havia sido abandonado. Teria sido um impulso imediatista de Zuckerberg para competir com o Google e a SpaceX? A pergunta ficou sem resposta durante todo esse tempo, até que, nessa semana, o Facebook divulgou um novo voo do Aquila:

Ainda que a ideia de fornecer Internet a partir de um drone gigante possa parecer estranha, o Facebook não desistiu do projeto e completou o segundo voo de testes do Aquila com sucesso no dia 22 de maio de 2017. O drone movido a energia solar permaneceu no ar por 1h46min e pousou perfeitamente, sem incidentes.

Em seu perfil, Mark Zuckerberg comemorou a conquista com entusiamo:

Quando o Aquila estiver pronto, será uma frota de aviões movidos a energia solar que farão conectividade de Internet em todo o mundo. Hoje, mais de metade da população do mundo – 4 milhões de pessoas – ainda não pode acessar a Internet. Um dia, Aquila ajudará a mudar isso. – Mark Zuckerberg

Em nota oficial, o Facebook disse que aprendeu muito com o primeiro voo do Aquila. O incidente levou a empresa a projetar modificações na engenharia e design do drone, que ganhou novos sensores para coletar dados, um novo software de piloto automático e uma nova hélice horizontal para ajudar no pouso.

Os próximos passos

equipe do Aquila está trabalhando para tornar a aeronave mais leve (455 kg), diminuir seu consumo de energia (em torno de 5.000 W de potência em altitude de cruzeiro), e avaliar com mais precisão a quantidade de energia que o drone utilizará para operar durante as diferentes altitudes e temperaturas.

Facebook drone

O gigantesco Aquila em ação (Crédito: Facebook)

Mark Zuckerberg está animado para apreender com as lições do segundo voo e continuar com o progresso do projeto Aquila. Para ele, o programa será um passo fundamental para atender aos anseios da nova missão do Facebook: dar às pessoas o poder de construir comunidades e aproximar o mundo.

O sucesso de iniciativas como o projeto Aquila nos levam a uma conclusão inevitável: em um futuro não tão distante, todas as pessoas do mundo estarão conectadas pela Internet.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER SEMANAL

Futuro Exponencial é um site dedicado a cobrir os mais recentes avanços tecnológicos e seus potenciais impactos para o futuro da humanidade. Contate-nos: contato@futuroexponencial.com

Comentários no Facebook