Virtualidade

Nova experiência de realidade virtual da NatGeo faz você se sentir um astronauta

Com o objetivo de promover o documentário One Strange Rock, a National Geographic (NatGeo) criou uma incrível imersão em realidade virtual. A experiência, que envolve a colocação de capacetes espaciais, permite que os usuários se sintam como astronautas a bordo da Estação Espacial Internacional.

Dirigido pelo cineasta Darren Aronofsky, One Strange Rock apresenta imagens incríveis da Terra, da maior a menor escala. A produção cinematográfica reúne belíssimas filmagens a 400 quilômetros de nosso planeta visto do espaço, além de closes de alguns dos lugares mais deslumbrantes do mundo natural.

A película conta com a narrativa de astronautas renomados, como Peggy Whitson (veterana de três missões espaciais da NASA), Chris Hadfield (o canadense que cantou “Space Oddity” a bordo da Estação Espacial Internacional) e Mae Jemison (a primeira mulher afro-americana a ir ao espaço).

Uma nova experiência da NatGeo

Embora One Strange Rock reúna imagens incríveis que podem ser contempladas a olho nu, a NatGeo decidiu dar um passo a mais para promover o documentário, criando uma experiência em realidade virtual a um pequeno grupo de jornalistas no Hotel Whitby, em Nova York, por meio de “capacetes de projeção espacial”.

NatGeo 01
Os capacetes oferecem uma imersão em realidade virtual (Crédito: NatGeo)

Ao contrário dos headsets tradicionais, que proporcionam experiências binoculares, os capacetes oferecem uma imersão ainda maior. Em termos comparativos, a experiência se assemelha ao formato IMAX, mas com o diferencial de que todas as informações visuais permanecem concentradas dentro da cúpula.

NatGeo 02
A imersão inclui imagens da Terra vista do espaço e animações computadorizados (Crédito: NatGeo)

No interior do Capacete de Projeção Espacial, o usuário enxerga as imagens por meio de uma lente “olho de peixe”, que desempenha um efeito similar à perspectiva de um astronauta. O usuário desfruta ainda de uma rica experiência auditiva, a partir dos auto-falantes embutidos no interior na viseira.

NatGeo 03
O usuário enxerga as imagens por meio de uma lente “olho de peixe” (Crédito: NatGeo)

Além de vistas da Terra a partir do espaço, a imersão inclui animações computadorizados sobre a história da formação da Terra e o Sistema Solar primitivo. Ao final da experiência, os usuários são transportados de volta à superfície do planeta para explorar sua beleza nos mínimos detalhes.

NatGeo 04
A experiência foi criada para promover o documentário One Strange Rock (Crédito: NatGeo)

Queríamos fazer um show que observasse à Terra sob uma perspectiva completamente diferente e enxergasse o que conecta tudo, quais são os sistemas, quais são as coisas singulares a respeito desse planeta, e por que a vida nesse planeta é tão incrível. – Jane Root (CEO da Nutopia, uma das produtoras por trás de One Strange Rock)

ASSINE NOSSA NEWSLETTER SEMANAL

Redação

Futuro Exponencial é um site que se dedica a cobrir os mais recentes avanços tecnológicos e seus potenciais impactos para o futuro da humanidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Comentários no Facebook