Transportes

Empresa japonesa planeja construir um “elevador espacial” até 2050

A gigante da construção japonesa Obayashi Corporation está planejando construir um elevador para transportar pessoas ao espaço. A empresa, que concluiu a torre mais alta do mundo – Tokyo Skytree – em 2012, está confiante de que seu “elevador espacial” estará em funcionamento até 2050.

A corporação falou pela primeira vez sobre a construção de um elevador espacial há alguns anos. Embora tenha soado como algo próprio de ficção científica, a ideia está sendo agora retomada a todo vapor. Em síntese, a Obayashi está confiante de que o empreendimento é “altamente plausível”.

Um ambicioso elevador espacial

De acordo com a empresa, o elevador atingiria 96.000 km de altitude. Como referência, a construção ficaria bastante próxima da chamada Linha de Kármán (100 km acima do nível do mar), mas bem abaixo da Estação Espacial Internacional (ISS), que orbita a Terra a uma altitude média de 340 km.

O sistema incluiria carros robóticos movidos por motores magnéticos lineares (MagLev). A tecnologia é baseada em um sistema de ímãs que se puxam e repelem simultaneamente. Uma vez construído, o elevador transportaria humanos e cargas a um custo menores do que as viagens tradicionais baseadas em foguetes.

Mas um elevador até o espaço é mesmo possível?

Pesquisadores da Shizuoka University estarão realizando um teste piloto ainda neste mês. O experimento será o primeiro desse tipo a ser realizado no espaço. Logo, é completamente desafiador. Dentre os obstáculos, será necessário entender quão resistentes devem ser os cabos que sustentam o elevador.

O experimento envolverá mover um contêiner em um cabo no espaço sideral. Em síntese, os pesquisadores enviarão dois pequenos satélites cúbicos à ISS. O lançamento dos satélites está previsto para 11 de setembro de 2018, a partir do Centro Espacial Tanegashima, na província de Kagoshima.

elevador espacial 01
O elevador atingiria 96.000 km de altitude (Crédito: Obayashi Corporation)

Os astronautas da ISS, então, lançarão os satélites no espaço e conectarão ambos com um cabo de aço. O passo seguinte será conectar um contêiner no cabo de aço (que terá 10 metros de cumprimento). Enfim, uma câmera conectada aos satélites registrará os movimentos do contêiner no espaço.

Da Terra ao cosmos

Se o empreendimento for bem-sucedido, astronautas viajariam à ISS sem precisar de um veículo de lançamento. (A única forma de chegar à Estação atualmente é por meio da nave russa Soyuz). Além disso, seria possível transportar suprimentos e equipamentos como painéis solar e materiais de pesquisa.

Os pesquisadores esperam que o elevador espacial possa acelerar até 200 km/h. A essa velocidade, astronautas chegariam a ISS em oito dias. Embora conectar a Terra ao espaço por meio um cabo de aço pareça ficção científica, a Obayashi Corporation está confiante de que o projeto será uma realidade até 2050:

Em teoria, um elevador espacial é altamente plausível. As viagens espaciais podem se tornar algo popular no futuro. – Yoji Ishikawa (líder da pesquisa)

ASSINE NOSSA NEWSLETTER SEMANAL

Redação

Futuro Exponencial é um site que se dedica a cobrir os mais recentes avanços tecnológicos e seus potenciais impactos para o futuro da humanidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Comentários no Facebook