Tecnologia

Designer projeta robô sensitivo que escreve poemas na praia

Os avanços da inteligência artificial estão possibilitando o desenvolvimento de máquinas autônomas e inteligentes capazes de aprender, fundamentar e tomar decisões. Contudo, nossa sociedade ainda é governada por uma lógica na qual robô(s) e máquina(s) são vistos como ferramentas construídas somente para nos servir.

A designer de interação Yuxi Liu jamais simpatizou com este pressuposto antropocêntrico e decidiu construir uma máquina autônoma que não apenas pode “sentir”, como também traduzir seus “sentimentos” em forma de versos. Seus esforços resultaram no simpático robô Poet on the Shore.

Um robô que escreve poemas na praia

O robô é composto por uma série de sensores que lhe permitem sentir o mar, o vento, os sons – em síntese, o mundo ao seu redor. Habilitada pelo Machine Learning, a máquina é capaz de descobrir os padrões, criar associações, traduzir essas percepções em poemas e, finalmente, escrevê-los nas areias da praia.

robô praia
O robô fica vagueando pelas areias da praia em busca de inspiração (Crédito da imagem: Designboom)

Ele [o robô] gosta de observar o mar, ouvir o som do bater das ondas na praia, dos murmúrios dos ventos, das conversas infantis e do barulho incessante de aves marinhas. Na maioria das vezes, ele perambula sozinho para ouvir e sentir. Às vezes, ele escreve versos na areia, e observa as ondas lavá-los. – Yuxi Liu (designer)

 

robô versos
A máquina “sente” o mundo ao seu redor e escreve poemas na beira do mar (Crédito da imagem: Designboom)

Poet on the Shore é capaz de ter experiências multi-sensoriais e apresentar uma espécie de sensibilidade poética. Completamente autônoma, a máquina não requer qualquer intervenção humana para expressar o que “sente”:

[O robô] não precisa demonstrar seu valor atendendo às necessidades humanas. Em vez disso, suas percepções que dão valor à sua existência. E também intervém no mundo. Essas intervenções, expressadas através do gesto cinético e poético, revelam sua existência não utilitária: os versos que escreve acabarão por ser lavados pelas ondas ou pelo vento. – Yuxi Liu (designer)

ASSINE NOSSA NEWSLETTER SEMANAL

Redação

Futuro Exponencial é um site que se dedica a cobrir os mais recentes avanços tecnológicos e seus potenciais impactos para o futuro da humanidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Comentários no Facebook