Virtualidade

Os funcionários dessa empresa estão substituindo seus computadores por óculos inteligentes

Muitas empresas ao redor do mundo estão demonstrando interesse na realidade aumentada (AR). Algumas pessoas acreditam que, eventualmente, quando a AR se tornar suficientemente avançada, óculos inteligentes poderão substituir todas as telas que estamos acostumados a utilizar.

Michael Abrash, pesquisador-chefe da Oculus, tem convicção de que esse cenário irá ocorrer. Durante a conferência anual de desenvolvedores do Facebook deste ano, Abrash disse que os óculos de AR começarão a substituir os smartphones em 2022 e, a partir daí, se tornar indispensáveis em nossas vidas.

Embora seja cedo para dizer se a visão de Abrash irá se concretizar, o fato é que algumas startups estão investindo esforços desde agora para ganhar espaço na indústria do futuro.

É este, definitivamente, o caso da Meta.

Testando óculos inteligentes no local de trabalho

Com sede no Vale do Silício, a empresa está pedindo a seus funcionários que deixem seus computadores de lado e trabalhem o tempo todo usando o headset Meta 2. O resultado do “experimento” você confere a seguir:

O experimento faz parte daquilo que a indústria da tecnologia norte-americana chama de dogfooding. A expressão simboliza a atividade adotada por algumas empresas de testar seus produtos com seus funcionários antes de colocá-los à venda para o público consumidor.

No vídeo, o que vemos é a versão demo do software Meta Workspace. Cada “objeto” na prateleira é um recurso diferente que você pode usar em sua estação de trabalho virtual. Para utilizar o recurso, basta colocar a mão sobre o item, agarrá-lo e colocá-lo em qualquer lugar do espaço (imagens da Business Insider).

óculos inteligentes 01

Além de escolher os itens ou funções, você pode redimensionar ou reposicionar a prateleira inteira ao seu redor. Ao abrir e fechar seu punho, você organiza o local de trabalho como bem entender.

óculos inteligentes 02

Você pode configurar seu espaço de trabalho para ser o mesmo todos os dias, sempre que colocar o headset, ou programar o software para surpreendê-lo sempre com um workstation diferente. Com um pouco mais de tempo e dedicação, você poderá criar o escritório de seus sonhos.

óculos inteligentes 03

Você pode “instalar” quanto monitores quiser ao mesmo tempo. É possível acessar o Facebook em uma das telas enquanto, na outra, você confere seus e-mails. É também perfeitamente viável colocar um monitor com Windows e outro com macOS para  simular a experiência em AR.

óculos inteligentes 04

A equipe da Meta acredita que, no futuro, o espaço de trabalho envolverá várias pessoas ao mesmo tempo, criando uma imensa rede colaborativa. Imagine todas essas pessoas construindo, juntas, uma cidade virtual, como no holograma abaixo:

óculos inteligentes 05

O futuro do local de trabalho

Apesar da rejeição inicial ao experimento, os funcionários dos departamentos de marketing, vendas e operações da Meta estão tendo insights positivos para aprimorar os óculos inteligentes.

Não usei nenhum dispositivo de computação, exceto o iPhone e Meta 2 por três semanas. Este é o fim da minha terceira semana livre do computador. – Ryan Pamplin (Vice-Presidente da Meta)

Embora a imersão no software pareça um pouco “desajeitada”, o Meta Workspace ainda está em sua versão beta e tem tudo para evoluir mais nos próximos anos. Investimentos, aliás, não faltam: somente em 2016, a Meta levantou mais de US$ 73 milhões em capital de risco.

No futuro, a tecnologia de realidade aumentada será capaz de muito mais que apenas aumentar a realidade. Mas a pergunta que não quer calar é: será que substituiremos os computadores por óculos inteligentes em nossos locais de trabalho?

ASSINE NOSSA NEWSLETTER SEMANAL

Redação

Futuro Exponencial é um site que se dedica a cobrir os mais recentes avanços tecnológicos e seus potenciais impactos para o futuro da humanidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Comentários no Facebook