Cultura

Competência espiritual: a busca pelo propósito

A era 4.0 traz como uma das estrelas de sua época a busca por propósito. Pessoas e negócios debatem agora explicitamente uma razão maior para a existência.

Felicidade no trabalho, fazer diferença, ajudar pessoas, responsabilidade social não são temas recentes, e vem borbulhando nos debates progressivamente nos últimos anos.

A evolução é um processo e novos chamados vem se manifestando aos poucos ao longo do tempo. Viver com propósito era algo para privilegiados e para quem tinha sorte ou a vida ganha. Hoje é para todos nós.

Empresas eram classificadas em setores. Lucro e impacto social andavam separadamente.

Algumas pessoas e algumas empresas saíram na frente, como em todos os movimentos de mudança do mundo, e já responderam as estas perguntas essenciais há anos. Hoje vivem em harmonia com o tom global do momento.

O mundo em mudança

As mudanças recentes do mundo exigem ampliação da consciência coletiva e um profundo questionamento sobre a forma que vivemos, nos relacionamos uns com os outros e com o planeta (leia sobre o renascimento cultural do planeta neste artigo).

Estamos em alerta não em festa. O planeta não suporta mais nossa indiferença. Há doenças cada vez mais crônicas, mais e mais gente em depressão, com síndrome do pânico e infeliz no trabalho (são 78%) e na vida.

Criamos um mundo pós guerra que foi relevante para nossa espécie, mas o produto final dos modelos das últimas décadas é um planeta doente. Os modelos humanos de sociedade e negócio não servem mais, é inegável.

propósito 01
Qual é o seu propósito pessoal? (Crédito: Shutterstock)

Ao longo do tempo com o amadurecimento natural vamos ficando mais sutis, menos apegados à matéria e mais reflexivos sobre o real sentido da vida. As crianças tem pureza, clareza e liberdade, e em nossa passagem para a vida adulta, criamos máscaras, falsas identidades e perfis que se encaixam no padrão social esperado mas não vestem a roupa de nossa alma.

Esta fórmula passou a ser insustentável e os jovens estão rompendo estes padrões com muita determinação e coragem. É tempo de ser autêntico, viver talentos, valores e verdades para deixar uma marca de relevância no mundo que vivemos, afinal, um dia partimos e viramos um porta retrato na estante. Depois nem isso.

Todos os estudos relacionados à felicidade e plenitude humana relatam que na avaliação final da vida vivida, o que vale é o que vivemos, as pessoas que tocamos e o quanto fomos relevantes para nossa tribo e em nenhum minuto as coisas que conquistamos durante a vida.

A busca pelo propósito

Qual é o seu propósito pessoal?

Que falta você faria para o mundo se você deixasse de existir?

E sua empresa, serve para que além de lucro?

Clientes apostam hoje em empresas engajadas com as mudanças do mundo.

Busque estas respostas e tempere todos os papéis e momentos de sua vida com este ingrediente. Não se perca desta rota, e depois de um tempo, colha a plenitude e a paz interior que construamos chamar de felicidade e orgulho de ter conseguido.

No mundo empresarial, os destaques de hoje e de 2020 serão as empresas que geram valor social não comercial. Chame sua equipe e discuta o assunto.

É possível trabalhar com propósito gerando lucro, desde que você pratique o Give it Back (reinvista na sociedade o dinheiro que ela investiu no seu negócio).


Para se aprofundar nesse tema e participar do futuro, conheça nossa AGENDA DE CURSOS. Viajamos o Brasil todo conectando pessoas e empresas com o futuro. Saiba como levar a W Futurismo para a sua cidade clicando aqui.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER SEMANAL

Jaqueline Weigel

Futurista, Humanista, Estrategista de Inovação, Instrutora de Liderança Exponencial e CEO da W Futurismo.

ARTIGOS RELACIONADOS

Comentários no Facebook