Ciência

Cianobactérias poderão ser a chave para produzir oxigênio em Marte

Se você acompanha o Futuro Exponencial há algum tempo, provavelmente deve saber que uma série de empresas aerospaciais privadas está buscando colonizar Marte. A vontade de explorar o planeta vermelho nunca foi tão intensa quanto hoje, e a primeira missão tripulada já está agendada para 2024.

Agora, suponhamos que a humanidade realmente consiga sobreviver ao longo trajeto até Marte. Suponhamos, ainda, que o primeiro grupo de colonizadores encontre água, comida e abrigo. Suponhamos, por fim, que as roupas espaciais (vestimentas) sejam suficientes para suportar a atmosfera marciana.

Mesmo que tenhamos êxito em todos esses itens, haverá um momento em que os astronautas irão cansar de usar máscaras para respirar. E, quando este dia chegar, os primeiros colonizadores deverão pensar na possibilidade de tornar respirável a atmosfera do planeta vermelho, não é mesmo?

Mas como oxigenar a atmosfera marciana?

A verdade é que ainda não dispomos de toda a tecnologia necessária para criar uma atmosfera respirável em Marte. Até agora, as estratégias apresentadas por cientistas são incompletas e imprecisas. Mesmo as hipóteses mais otimistas para transformar a atmosfera do planeta estimam um prazo de centenas de anos.

Marte 00
Como oxigenar a atmosfera marciana? (Crédito: Shutterstock)

Embora alguns especialistas apostem na evolução do conhecimento humano para resolver o problema, uma equipe internacional de pesquisadores publicou um estudo na revista Science apresentando uma nova esperança na busca por um suprimento constante de oxigênio no planeta vermelho: cianobactérias.

Entendendo as cianobactérias

As cianobactérias são uma família de bactérias que obtêm energia por fotossíntese. Em resumo, esses micro-organismos sugam o dióxido de carbono e liberam oxigênio mesmo nos ambientes mais inóspitos da Terra. E, por apresentar tais características, prometem ser fontes de oxigênio em Marte.

A fotossíntese poderia teoricamente ser aproveitada com esses tipos de organismos para criar ar para os humanos respirarem em Marte. – Elmars Krausz (Coautor do estudo e professor emérito da Universidade Nacional Australiana)

Marte 01
As cianobactérias poderão ser fontes de oxigênio em Marte (Crédito: Shutterstock)

Com mais de 2,5 bilhões de anos de existência, as cianobactérias sobreviveram em ambientes extremos na Terra. A Antártica e o Deserto de Mojave são bons exemplos. Mas os micro-organismos também sobreviveram nas fontes termais do Parque Nacional de Yellowstone e nas profundezas dos oceanos.

As cianobactérias também são equipadas para lidar com a falta de luz solar. Embora haja luz solar em Marte, ela não é tão abundante como na Terra – pela maior proximidade com o Sol. Logo, por sobreviverem em condições extremas, mesmo com pouca luz solar, os micro-organismos seriam fundamentais em Marte.

Organismos adaptados à luz fraca (…) podem crescer sob rochas e potencialmente sobreviver às condições adversas no planeta vermelho. – Elmars Krausz (Coautor do estudo e professor emérito da Universidade Nacional Australiana)

Mas as cianobactérias poderão encher Marte com ar respirável?

A ideia de que um monte de cianobactérias poderia encher a totalidade de Marte com ar respirável parece absurda. Contudo, foi justamente o que ocorreu com nosso planeta azul. Aliás, um recente estudo da revista Science mostrou que a vida na Terra só surgiu graças à evolução das primeiras cianobactérias.

Marte 02
Cianobactérias inundando oceanos próximos às Ilhas Fiji (Crédito: Wikimedia Commons)

Em síntese, as cianobactérias contribuíram para moldar o planeta como o conhecemos. Tudo o que respiramos, devemos, de alguma forma, a esses micro-organismos. Foram eles que descobriram como fazer a fotossíntese que todos nós conhecemos. Portanto, são realmente especiais do ponto de vista planetário.

Por tudo isso, os pesquisadores estão confiantes de que as cianobactérias poderão ser a chave para oxigenar a atmosfera marciana e, consequentemente, tornar a humanidade se torne uma espécie interplanetária. A descoberta é um alento para aqueles que acreditam que planeta vermelho será nosso segundo lar.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER SEMANAL

Redação

Futuro Exponencial é um site que se dedica a cobrir os mais recentes avanços tecnológicos e seus potenciais impactos para o futuro da humanidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Comentários no Facebook