parque tecnológico
Tecnologia

China está construindo um parque tecnológico para pesquisa em inteligência artificial

O complexo será construído no distrito suburbano de Mentougou, em Pequim

A República Popular da China está construindo um parque tecnológico para pesquisa em inteligência artificial (AI). Com investimento estimado em 13,8 bilhões de yuans (US$ 2,12 bilhões), a iniciativa faz parte da estratégia política chinesa de se tornar líder no segmento até 2030.

O parque industrial está em construção no distrito suburbano de Mentougou, lado oeste de Pequim. Com 54,87 hectares, o novo complexo tecnológico deverá atrair aproximadamente 400 empresas, com um valor estimado de produção anual de 50 bilhões de yuans (US$ 7,7 bilhões).

Um parque tecnológico de US$ 2,12 bilhões

Projetado pelo Zhongguancun Development Group, o parque terá ênfase em pesquisas relacionadas à identificação biométrica, Big Data, Cloud Computing e Machine Learning. A infra-estrutura tecnológica incluirá uma rede móvel de quinta geração, um super computador e serviços na nuvem.

parque tecnológico 01

O parque tecnológico está em construção no distrito suburbano de Mentougou (Crédito: Reuters)

Made In China 2025

A iniciativa faz parte do plano Made in China 2025, estratégia política que tem por objetivo tornar a China líder em AI e autossuficiente em desenvolvimento de tecnologia de ponta. Embora a meta seja modernizar a indústria em geral, o plano indica alguns setores como prioritários.

Dentre eles, estão: tecnologia avançada de informação; robótica e máquinas automatizadas; aeroespaço e equipamento aeronáutico; equipamento naval e navios de alta tecnologia; equipamento de transporte ferroviário moderno; veículos e equipamentos elétricos; equipamento de geração de energia; implementos agrícolas; novos materiais; biofármacos e produtos médicos avançados.

parque tecnológico 02

A iniciativa faz parte do plano Made in China 2025 (Crédito: english.gov.cn)

Para alcançar o objetivo, o país planeja construir, ao lado de grandes empresas, incubadoras de startups e parques tecnológicos. Com estas iniciativas, a China pretende se tornar mais do que uma “fábrica de imitações e falsificações” para se tornar a nação que dita as tendências e os padrões de consumo.

Em busca da liderança

Embora os Estados Unidos seja(m) líder(es) em pesquisas de Machine Learning, a China está dedicando tempo e esforços no segmento. Com um programa claramente definido, ao que tudo indica o governo chinês em breve irá superar o governo estadunidense no desenvolvimento da AI.

Dentre os principais projetos chineses de AI estão robôs humanoides e robôs médicos. O país anunciou ainda planos para abrir uma delegacia de polícia inteiramente alimentada por AI, com a finalidade de lidar com questões de trânsito e demais problemas relacionados a veículos e motoristas.

A China está convencida de que o rápido desenvolvimento da AI mudará profundamente a vida social da humanidade e, sobretudo, transformará o mundo como o conhecemos. A construção do parque tecnológico poderá sedimentar o caminho para tornar o país um líder na economia mundial.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER SEMANAL

Futuro Exponencial é um site dedicado a cobrir os mais recentes avanços tecnológicos e seus potenciais impactos para o futuro da humanidade. Contate-nos: contato@futuroexponencial.com

Comentários no Facebook