Ciência

1.000 casos de câncer analisados por Inteligência Artificial

Que os avanços tecnológicos têm contribuído para a evolução da saúde humana, todos temos percebido. Agora, qual será o papel da Inteligência Artificial neste jogo, ainda queremos descobrir. Um exemplo do grande potencial desta tecnologia foi demonstrado por pesquisadores indianos do Manipal Hospitals, que conduziram uma pesquisa com 1.000 pacientes de câncer, a fim de avaliar a precisão das considerações e recomendações realizadas pela plataforma de Inteligência Artificial especializada em câncer, o IBM Watson for Oncology (WFO)

Foram avaliados 638 casos de câncer de mama, 126 de cólon, 124 de reto e 112 de pulmão, ao longo de 3 anos.

As recomendações geradas pelo WFO ao longo do período foram registradas e, posteriormente, comparadas à opinião de um conselho que variou entre 12 e 15 médicos oncologistas.

Os dados já disponíveis sobre os 638 casos de cancro de mama apontaram que as recomendações feitas pelo WFO estavam corretas 90% das vezes, quando comparadas às recomendações realizadas pelo conselho de oncologistas.

Diferentes casos de câncer

O grau de concordância na primeira análise variou para os diferentes casos de câncer. Para casos sem metástase, a concordância aconteceu em 80% dos casos. Para casos com metástase, o número caiu para 45%.

câncer 01
Foram avaliados 112 casos de cancer de pulmão (Crédito: Shutterstock)

Em casos de cancro “triple-negative“, a concordância foi de 68% e em casos “HER2/neu-negative” a concordância foi de apenas 35%. Neste último caso, um maior grau de divergência é natural, já que casos mais complexos apresentam mais opções de tratamento.

O fato de não ter havido concordância em um primeiro momento não indica que o WFO estava errado em absoluto, já que a recomendação do conselho foi alterada 63% das vezes em que houve discordância, mostrando que a “opinião” do WFO foi bastante influenciadora sobre as decisões do conselho.

O estudo de caso provou que a Inteligência Artificial levou o conselho a reconsiderar suas decisões na maioria das vezes, deixando clara a contribuição desta tecnologia para o tratamento de câncer.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER SEMANAL

Vinicius Soares

Engenheiro de Telecomunicações pelo Instituto Nacional de Telecomunicações e MBA em Marketing pela FGV. Atua no mercado de TIC há mais de 20 anos, com experiência em gestão de desenvolvimento de software, gestão de portfólio, marketing e vendas B2B. É especialista em Inteligência Artificial e em Estratégia de Produtos e Serviços em TIC. Fundador do AiNews Network e da Mais a.i., empreendimentos baseados em Inteligência Artificial, sendo o AiNews Network um site com conteúdo especializado em I.A. e a Mais a.i. uma empresa de consultoria, projetos e educação executiva, também em I.A.

ARTIGOS RELACIONADOS

Comentários no Facebook