Ciência

Boeing acredita que irá vencer a SpaceX na corrida para Marte

O CEO da Boeing, Dennis Muilenburg, fez uma afirmação ousada sobre as chances de sua empresa levar humanos a Marte antes da SpaceX, de Elon Musk. Em entrevista à CNBC, Muilenburg disse que a primeira pessoa a colocar os pés no planeta vermelho chegará lá em um foguete Boeing.

Em parceria com a NASA, a empresa está nas fases finais de montagem do Space Launch System (SLS), um foguete de aproximadamente 36 andares. O primeiro voo teste está programado para 2019, quando o veículo de transporte de tripulação Orion será enviado à órbita lunar.

Eventualmente, iremos para Marte e acredito firmemente que a primeira pessoa que colocará os pés em Marte chegará em um foguete Boeing. –Dennis Muilenburg

boeing SLS
A empresa está nas fases finais de montagem do Space Launch System (Crédito: Boeing)

Esta não é a primeira vez que Muilenburg desafiou os planos de Musk para levar humanos ao planeta vermelho. Em 2016, durante a conferência de tecnologia The Atlantic What’s Next?, em Chicago, nos Estados Unidos, o CEO da empresa faz uma declaração bastante semelhante:

Estou convencido de que a primeira pessoa a pisar em Marte chegará lá montando um foguete Boeing. – Dennis Muilenburg

Boeing mars
Dennis Muilenburg está convencido que chegará a Marte antes de Elon Musk (Crédito: Boeing)

O cronograma da Boeing

De acordo com a empresa, o SLS estará pronto para um voo de teste em 2019. Caso a estimativa se confirme, em 2020 serão lançadas uma série de expedições em baixa órbita terrestre e ao redor da Lua. A empresa estima ainda construir um protótipo de veículo de transporte ao planeta vermelho antes de 2030.

A partir de 2030, deverão ser iniciadas missões no espaço cislunar (região fora da atmosfera da Terra e que se estende para além da órbita da Lua) com destino aos arredores de Marte. O objetivo é comprovar as capacidades dos transportes de transitar até o planeta vermelho com segurança.

Finalmente, entre os anos 2035 e 2040, serão iniciadas as tentativas de desembarcar no planeta vermelho. Se o cronograma for bem-sucedido, a partir de 2040 a empresa começará a explorar a superfície do planeta. O infográfico a seguir sintetiza as principais etapas dos planos da empresa:

Boeing mars path
O cronograma da empresa para pousar no planeta vermelho (Crédito: Boeing)

A reação de Elon Musk

A Fortune Tech publicou uma matéria sobre o caso no Twitter sob o título Boeing CEO: We’re Going to Beat Elon Musk to Mars [CEO da Boeing: Nós vamos bater o Elon Musk na corrida para Marte, em tradução livre]. Musk, que tem planos para enviar humanos a Marte em 2024, respondeu o tweet com apenas duas palavras:

Três horas depois, a Boeing respondeu o comentário de Elon Musk, alimentando o desafio:

Embora desde a declaração de Dennis Muilenburg à CBNC a grande mídia tenha adotado uma postura de colocar ambos como oponentes (Boeing vs. Elon Musk), que buscam vencer a corrida a todo custo, parece mais conveniente enxergar a situação como um desafio saudável.

Afinal, quanto mais pessoas estiverem envolvidas para levar os seres humanos a Marte nos próximos anos, melhor serão as chances de que este grande passo da exploração especial realmente aconteça – e provavelmente mais cedo do que se apenas um grupo estivesse trabalhando em direção ao objetivo.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER SEMANAL

Redação

Futuro Exponencial é um site que se dedica a cobrir os mais recentes avanços tecnológicos e seus potenciais impactos para o futuro da humanidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Comentários no Facebook

Leia também

Fechar