Ciência

Blue Origin planeja começar a vender passagens para voos espaciais em 2019

A Blue Origin está planejando vender passagens para voos suborbitais a partir de 2019. Embora não tenha revelado o preço do ingresso, a empresa aerospacial pretende conduzir os primeiros testes com passageiros “em breve”, por meio do sistema de lançamento reutilizável New Shepard.

As informações foram divulgadas por Rob Meyerson, Vice-Presidente Sênior da Blue Origin, durante o AWS Public Sector Summit 2018. Na ocasião, Meyerson afirmou que a empresa do bilionário Jeff Bezos passará a comercializar as primeiras viagens suborbitais a partir do ano que vem.

Esperamos começar a vender ingressos em 2019. – Rob Meyerson (Vice-Presidente Sênior da Blue Origin)

Os planos da Blue Origin

De acordo com o Vice-Presidente Sênior, a Blue Origin voou com o New Shepard oito vezes, sendo a última em 29 de abril de 2018. No entanto, todos os voos não tiveram qualquer presença humana, tendo, no máximo, a presença de bonecos. É o caso, por exemplo, do Mannequin Skywalker:

Os planos anteriormente divulgados da Blue Origin envolviam lançar um veículo suborbitário no início da termosfera. Também chamada de Linha de Kármán, é a linha que define os limites entre a atmosfera terrestre e o espaço exterior, a uma altitude de 100 quilômetros acima do nível do mar.

Notícias anteriores também apontavam que o passeio teria uma duração total de 10 minutos. Apesar da revelação de Meyerson, não há muitos detalhes sobre o voo em si. Também não há informações sobre quando exatamente serão iniciadas as vendas das passagens e, sobretudo, o preço do ingresso.

O futuro no espaço

A Blue Origin está apostando que milhões de pessoas viverão e trabalharão no espaço. A empresa espera contribuir na construção de colônias lunares e, mais adiante, na exploração de Marte. Diversos profissionais estão trabalhando para concretizar a visão da empresa, que ainda “está está por ser determinada”.

Blue Origin 01
A empresa planeja vender passagens para voos suborbitais a partir de 2019 (Crédito: Blue Origin)

O desejo de explorar o turismo espacial não é, contudo, uma exclusividade da Blue Origin. SpaceX, Orion Span e Axiom Space são algumas das empresas que estão disputando uma fatia da torta. Parece coisa de ficção científica, mas, ao que parece, qualquer pessoa poderá fazer turismo espacial nos próximos anos.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER SEMANAL

Redação

Futuro Exponencial é um site que se dedica a cobrir os mais recentes avanços tecnológicos e seus potenciais impactos para o futuro da humanidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Comentários no Facebook

Leia também

Fechar