Cultura

O barulho da realidade temporária

O barulho da realidade temporária. Política, economia, revolução, tecnologia, mudança, presente, futuro…tudo ao mesmo tempo. O que há realmente de relevante em todo este movimento caótico atual? As informações estão por todos os lados e podem estar nos tornando pessoas dispersas e com capacidade decisória duvidosa.

A depressão está em alta, a população global com sérios problemas cardíacos, o suicídio infantil e juvenil aumentando. Sou otimista e acredito que o mundo será incrível por causa da tecnologia, mas ela precisa de pessoas capazes de exercer suas funções sociais.

Estudo a evolução do planeta e da raça humana há 30 anos, dedico tempo para conhecer com profundidade as disciplinas que nos ajudam a entender a busca do sentido da vida. Tenho me perguntado sobre tudo isto que estamos vivendo, para onde vamos e o que neste mar de coisas simultâneas é realmente importante.

Minhas pesquisas mostram que Q.S. (Quocient Spiritual), Inteligência Espiritual, pode ser a mais relevante das competências da próxima era. Q.I. já não é mais relevante, Q.E. é o mínimo que precisamos para sobreviver no novo mundo, mas percebo que, sem transcender a mente, podemos colapsar em vez de evoluir.

Realidade temporária versus realidade permanente

Temos olhares plurais e realidades temporais. Tendemos a colocar uma imensa energia na realidade temporária e breve. Mergulhamos em discussões acirradas, debatemos para defender o que imaginamos ser o certo da vida e atacar o que consideramos errado. E se o que você pensa estiver errado?

realidade temporária 02
Temos olhares plurais e realidades temporais (Crédito: Shutterstock)

Na realidade semi temporária, temos um ciclo finito, de duração mais longa que o ciclo acima, onde vivemos uma etapa da vida caracterizada por alguns acontecimentos, mas que tem um claro início, meio e fim.

Quando o ciclo é bom, ficamos em êxtase por imaginar ter conquistado o apogeu da vida. Quando em baixa, o ciclo se torna uma prisão tortuosa, pesada, onde nos rotulamos como pessoas sem prestigio. Ninguém acumula só sucessos.

A realidade permanente é maior. Ela acompanha você por uma vida inteira e talvez além da vida terrena. É o voo elevado, sábio, que se mantém calmo frente as adversidades e em humildade perante conquistas efêmeras. É o olhar de um ângulo mais inteligente.

Vivemos um momento de rompimento geral com tudo o que conhecemos. O mundo tradicional se desmancha todos os dias e o novo planeta ainda está fundamentando seus alicerces. Não há receitas a serem copiadas, só fatos conclusivos: tudo precisa ser diferente, especialmente nossa forma de lidar com a vida e com o cotidiano.

Enquanto olharmos o mundo com a lente temporária, não seremos capazes de criar algo mais sólido e robusto. Transcender é ativar o olhar da alma, não da mente, e quem for capaz de fazê-lo se destacará e poderá criar impactos positivos de verdade.

Apure sua lente, viva mais na realidade permanente que nos pequenos eventos da vida. É lá que se navega, não em pequenas tempestades do dia a dia.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER SEMANAL

Jaqueline Weigel

Futurista, Humanista, Estrategista de Inovação, Instrutora de Liderança Exponencial e CEO da W Futurismo.

ARTIGOS RELACIONADOS

Comentários no Facebook