Renato Azevedo Sant'Anna

Renato Azevedo Sant'Anna trabalha como Estrategista Digital / Consultor de Insights & Data Intelligence. Graduado em Engenharia da Computação e MBA Analytics em Big Data pela FIA e MBA em Marketing pela FGV. Tem experiência com Inteligência de Negócios em canais digitais desde 2011.
  • organizações

    A inteligência artificial no mundo das organizações

    A inteligência artificial no mundo das organizações. Quando as pessoas ouvem falar sobre Inteligência Artificial, coisas como Deep Learning, robôs e a automação de tarefas repetitivas em empresas geralmente vêm à mente. Atualmente, a pesquisa de Inteligência Artificial é realizada em nichos, também chamada de IA Estreita (Narrow AI), não é capaz ainda de tirar conclusões baseadas no senso comum. O principal obstáculo…

    Leia Mais »
  • transformação digital

    Transformação digital e o futuro do trabalho

    Transformação digital e o futuro do trabalho. O ritmo de inovação e adoção de novas tecnologias no mundo atual tem se acelerado, tendo como exemplo clássico a Lei de Moore, em que os processadores dobram de capacidade a cada 18 a 24 meses, tendo sido mantida essa tendência por quase 50 anos. A inovação possibilitada pela tecnologia criará um ambiente…

    Leia Mais »
  • artificial

    Inteligência Artificial, Vieses e Governança de Dados

    A área de Inteligência Artificial tem uma história de mais de meio século e seu desenvolvimento ocorreu em saltos, com fatos marcantes na últimas três décadas, como, por exemplo, do Deep Blue da IBM que ganhou do Kasparov em 1997, um torneio de xadrez para o assombro do mundo da época, utilizando basicamente de estratégia de força bruta. Mais recentemente,…

    Leia Mais »
  • digital

    O papel do estrategista digital

    O mercado como conhecemos tem sido alterado por fatores exógenos, como a adoção da nova Legislação Européia de Regulação da Proteção de Dados (GDPR), que aborda a questão da privacidade no ambiente digital, assim como por mudanças de comportamento dos usuários em relação a esse tema e maior conscientização em relação ao uso de seus dados por terceiros. A maior…

    Leia Mais »
  • OODA

    O ciclo OODA e o Mundo VUCA (Volátil, Incerto, Complexo, Ambíguo)

    John Boyd foi o maior estrategista militar americano do último quarto do século XX. Foi ele o responsável por criar o ciclo OODA (Observar, Orientar, Decidir, Agir), que é uma variação do ciclo de Deming, também conhecido como PDCA (Plan – planejar, Do – executar, Check – verificar, Act – agir). O ciclo OODA envolve a relação entre os tempos de ação/reação…

    Leia Mais »
  • fintechs

    Fintechs, Inteligência Artificial e Economia das Plataformas

    Até 2020, há previsão de que grande parte dos serviços financeiros serão quase ou totalmente automatizados. E um grande destaque atualmente pode ser dado para as startups desse setor, também chamadas de Fintechs, que se propõem a facilitar a vida dos clientes por meio da disponibilização de aplicativos inovadores que oferecem serviços virtuais de maior conveniência com menor burocracia. Fintechs…

    Leia Mais »
  • insight

    Eureka: a inovação e o processo do insight

    O insight, aquele lampejo de pensamento que nos faz brilhar os olhos, momento de descoberta e/ ou invenção de algo que chega a emocionar, que podemos entender como divisor de águas no entendimento de um processo ou fenômeno, e que, em decorrência disso, ocorre uma mudança de seu rendimento ao deixar de ser incremental, o famoso “ajuste fino”, e ocorre…

    Leia Mais »
  • dados

    A importância de dar “sentido” aos dados

    Muitas empresas geram muitas informações em suas atividades diárias e sistemas de informação e não conseguem extrair o máximo deles, em função de não terem uma cultura orientada por dados, processos estabelecidos e pessoas capacitadas que consigam dar significado e contexto para eles. O processo de dar significado e contexto para os dados é algo que exige do profissional profundo conhecimento do…

    Leia Mais »
  • economia

    Economia compartilhada e o futuro do trabalho

    No passado já foi dito que se todos os habitantes do planeta fossem adquirir um padrão de consumo visto nas economias desenvolvidas, iríamos necessitar de alguns planetas adicionais para satisfazer a demanda por recursos. Nos últimos anos foi concebida a ideia de economia compartilhada ou também economia sob demanda, nos quais os recursos (a capacidade profissional das pessoas, insumos, capital para investimento e…

    Leia Mais »