Cultura

Arquiteto projeta centro de pesquisa flutuante em forma de arraia

Inspirado na estrutura física de uma arraia, o arquiteto francês Jacques Rougerie projetou uma cidade científica flutuante inteiramente dedicada à observação e análise da biodiversidade marinha. O complexo, chamado City of Meriens, receberá pesquisadores, professores e estudantes de todo o mundo durante longos períodos.

Um arquiteto apaixonado pelo mar

Segundo Rougerie, “Mériens” é um termo próprio que se traduz como pertencente ao mar. Após uma vida dedicada a projetar construções marítimas, é como o arquiteto se sente e como ele quer que as pessoas também se sintam:

Eu me sinto muito, muito bem debaixo d’água. Eu me sinto diferente. Outro tipo de imaginação é despertada em mim assim que estou subaquático. – Jacques Rougerie

arquiteto manta
O centro de pesquisa é denominado City of Meriens – © Créations Jacques Rougerie

As inspirações do arquiteto Jacques Rougerie

Com seu design em forma de arraia, City of Meriens terá um comprimento total de 900 metros, uma largura de 500 metros e poderá acolher até 7.000 pessoas em vários níveis. Projetado para ser completamente sustentável e autônomo, o complexo funcionará com energia marinha renovável e não terá desperdício de resíduos.

arquiteto arraia
O design da City of Meirens foi inspirado na forma de uma arraia – © Créations Jacques Rougerie

Além de simpatizar com a estrutura física das arraias, Rougerie inspirou seu extenso portfólio de habitats subaquáticos nos livros de Júlio Verne. Desde a infância, o arquiteto leva consigo a principal lição do autor: Qualquer coisa que um homem possa imaginar, outros homens podem tornar real.

Acostumado ao ceticismo das pessoas em geral, o arquiteto faz questão de citar seu navio SeaOrbiter para demonstrar que está falando sério. O projeto chegou a ser descrito como a versão aquática da nave USS Enterprise, de Star Trek. Atualmente em construção, o navio revela a paixão do arquiteto pelo mundo subaquático.

Embora se considere um “sonhador pragmático”, Rougerie está convencido que City of Meriens será construída nos próximos anos. O arquiteto estima que o centro de pesquisa revolucionará a explorações dos oceanos e almeja, mais do que tudo, que o complexo possa servir de inspiração para residências flutuantes no futuro.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER SEMANAL

Redação

Futuro Exponencial é um site que se dedica a cobrir os mais recentes avanços tecnológicos e seus potenciais impactos para o futuro da humanidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Comentários no Facebook